Amigos estamos de Quarentena. É fato! As nossa autoridades estão separando as pessoas por grupo de risco, falando dos idosos, com se não estivéssemos assistindo a morte de jovens, de adultos e até bebês sendo infectados e examinados ainda no útero, bem como, pasmem, de profissionais de saúde e de ricos,isso mesmo os ricos também estão pegando o coronavírus. Dessa forma não passa de discurso político essa assertiva de que determinado grupo é mais vulnerável que outro. É só vermos que a maioria das pessoas que estão aparecendo nas reportagens são pessoas jovens e adultas e não idosas.

Resumindo não existe Grupo de Risco e todos indiscriminadamente podem pegar o vírus e contaminar outras pessoas.

Ainda segunda feira o secretário de saúde de Pernambuco afirmou em entrevista coletiva que entramos na Fase de Aceleração Descontrolada – parece nome de filme de suspense – e sabe o que significa, segundo os especialistas, significa que o governo perdeu o controle da doença! Que não sabe mais o número de infectados e assim não tem como tomar as medidas necessárias para evitar que muita gente pegue o vírus, aumentando as estatísticas da pandemia.

E o pior é que ainda ouvimos pessoas, autoridades, profissionais de várias áreas, inclusive da saúde,  querendo passar a impressão de que não tem problema de que devemos abrir tudo, ou que devemos ter abertura vertical, protegendo grupos de risco, afirmando que não precisamos de histeria, de pânico, etc., preocupados muito mais com as questões financeiras do que com a vida. Sendo assim vejo que não precisamos lavar somente as mãos, precisamos é muito mais lava jatos.

Precisamos lavar os olhos para ver melhor a realidade, tirando o véu da hipocrisia, do interesse pessoal, da ilusão, das redes sociais e assim aprender a distinguir entre a mentira e a verdade, para fazer o julgamento correto.

Precisamos lavar nossos ouvidos para ouvir o que de fato vai nos ajudar a crescer enquanto ser humano, parar de ser influenciado por opiniões de terceiros que estão muito mais preocupados com seus egos, com seus projetos, com a realização de seus sonhos do que com aquele que está ouvindo e repercutindo as mentiras que eles não precisam dizer.

Precisamos lavar melhor o nosso nariz para aprender a sentir o cheiro da maldade exalando daqueles que se que se aproveitam da miséria alheia e se dizem amigos mas que nos abandonam quando o barco começa a afundar.

Precisamos lavar bem a nossa boca para não maldizermos a ninguém, para não espalhar as mentiras que escutamos e também as que inventamos quando nos convém, lavar a boca para termos a prudência de falar o que edifica, o que transforma, o que vai fazer a diferença na vida do outro.

Por fim e ai sim, depois de lavarmos todo corpo, então lavamos as mãos, porque como diz o velho e bom ditado: uma mão lava a outra e as duas lavam o corpo.

Porém não esqueçam que lavar as mãos pode ser um risco, lembrem de Pôncio Pilatos que quando lavou as mãos colocou Jesus na cruz para ser crucificado e morto. Como tudo na vida tem momentos em que é melhor não lavar as mãos, sair da zona de conforto e ajudar a quem necessita.

Lave as mãos! Combata o corona vírus e não se omita, proteja os seus porque as autoridades protegem os deles!.