Na manha da sexta-feira (18), os candidatos eleitos no dia 15 de novembro foram diplomados para os respectivos cargos no salão do Júri do Fórum de Gravatá. A sessão foi presidida pelo Juiz Eleitoral da 30ª Zona Eleitoral, Luiz Célio de Sá e contou com a presença da promotora Eleitoral, Fernanda Nóbrega, representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) o advogado, Marllon Lima.

O prefeito eleito, padre Joselito Gomes, o vice-prefeito, Junior Darita e os quinze vereadores eleitos participaram do ato democrático que marca a história politica de Gravatá. Devido à pandemia causada pelo novo coronavirus, o ato de diplomação foi restrito e seguiu as regras sanitárias de distanciamento social. No facebook do padre Joselito a transmissão do evento foi realizada e você pode acompanhar pelo link: https://www.facebook.com/padrejoselito

“o mandato eleitoral é uma procuração, o povo de Gravatá instituiu uma procuração para que os senhores sejam representantes deles no mandato nos próximos quatro anos. O povo é o mandante e os senhores o mandatário. Ao tomarem posse, vocês não serão representantes de uma cor ou ideologia, vocês serão representantes do povo de Gravatá como um todo, independente de partido”, destaca o Juiz Eleitoral, Luiz Célio que completou sobre os poderes Executivo e Legislativo. “os senhores terão mais deveres do que poderes. E não serão, mas estarão no poder. Todos aqui somos servidores do povo, cada um em sua função”, completou.

“Agradeço a parceria, o bom senso e o trabalho realizado durante esse período eleitoral ao Dr. Luiz Célio e toda equipe do Eleitoral, os servidores que foram essenciais para atender toda a demanda desse período que ainda estamos concluindo. Essa eleição contou com muitas demandas judiciais e destaco também o trabalho dos advogados e representantes dos partidos para que o pleito acontecesse da melhor forma. Hoje é um momento de alegria, da festa da democracia, que é linda e eu quero parabenizar a todos”, disse a promotora Eleitoral, Fernanda Nóbrega, que destacou a importância da mulher na política. “Infelizmente na próxima gestão não teremos mulheres na Câmara Municipal, mas quero dizer que mulher pode e deve sim, se candidatar e buscar o espaço delas na política”.

O vice-prefeito, Junior Darita após a diplomação cumprimentou os demais candidatos diplomados e destacou a alegria em poder representar o povo de Gravatá junto ao padre Joselito. “Esse é o momento que marca a libertação do povo de Gravatá, que elegeu a nossa união que irá trabalhar para o bem de todos os gravataenses”, disse.

Para o prefeito de Gravatá o ato de diplomação reafirma o compromisso de cuidar do povo da cidade, que necessita de tantos cuidados. “Hoje fomos diplomados pela Justiça Eleitoral nos entrega esse certificado que nos permite trabalhar para o nosso povo. O nosso compromisso é cuidar de Gravatá. Cuidar de todos que precisam de atenção, de serviços públicos de qualidade. Estaremos unidos, ouvindo a população, trabalhando para todos, em especial, para os mais carentes”, disse o prefeito eleito de Gravatá, padre Joselito Gomes

Por Rodolfo Lima
Fotos: Nilson Silva (ASCOM)