Neste sábado os artesãos e artistas de Gravatá ganharam um espaço para exporem seus produtos e assim terem mais uma opção de venda ampliando o leque de clientes.

O projeto implantado no Centro de Informações Turísticas que fica na via local próximo do Girador de entrada da cidade vai abrigar uma feirinha de artesanato todos os sábados das 15 às 20 horas, denominada “Feira Arte da Gente” como explica Thamiris Ferreira Diretora de Cultura da prefeitura de Gravatá:

Thamires Ferreira é diretora de Cultura de Gravatá e ela faz um convite especial. “A feira Arte da Gente vai funcionar todos os sábados, das 15h às 20h, e você está convidado para conhecer essa feira, onde tem toda valorização cultural dos artesãos de Gravatá. Esta é uma feira do Grupo Gravataense de Artesãos, que acontecerá no Centro de Informações Turísticas (CIT), e será muito importante receber a visita dos moradores e dos visitantes de nossa cidade”.

 

Além desse projeto o espaço também ficará a disposição de guias e condutores de turismo que assim contarão com um local para exercerem as suas atividades de recepção e captação de clientes, do mesmo modo estarão também utilizando o CIT grupos de empresas de aventura e turismo rural como a Radical Adventure e Rancho das Palmeiras que oferecem opções de lazer para os visitantes e nativos.

Por falar em nativos esse é um apelo forte do projeto que visa fazer com que os gravataenses conheçam Gravatá, visto que muita gente que nasceu e mora na cidade não conhece as belezas naturais, o patrimônio arquitetônico e o rico celeiro de artes dos artesãos e dos artistas locais.

Quero abrir aqui um parênteses para dar os devidos parabéns ao secretário de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer da prefeitura pela sua batalha diária para trazer projetos como “Alto com Vida” e ” Feira Arte da Gente”, utilizando a criatividade, em função da falta de recursos e assim dinamizando as possibilidades de gerar renda para o povo de Gravatá.

O vice-prefeito de Gravatá, Júnior Darita, destacou como a feira vai valorizar o CIT e o artesão da cidade. “Aqui é o Centro de Informações Turísticas (CIT), que foi reaberto no dia 15 de março, depois de meses fechado. Um espaço que estava abandonado e a gestão do prefeito Joselito Gomes reavivou. Com essa intenção inclusiva, nós vamos trazer a feirinha de artesanato e como também oferecemos espaço aos guias e condutores de turismo. A ideia é transformar esse local em um lugar de convergência de bons negócios e bons relacionamentos. Neste projeto, temos a participação da Secretaria de Assistência Social e Juventude, cuja secretária e primeira-dama, Viviane Facundes, é artesã e é parceira”.

A titulo de sugestão já que a feira é também para os gravataenses que ela se estendesse no domingo na Praça 10, a fim de que os moradores locais também participassem do evento que poderia ser acrescido de música com os artistas também da cidade e de informações turísticas, dessa forma atenderíamos aos visitantes e turistas e também aos nativos.

Matérias pra este blog mande pelo zap 81 9.99892523.