Hoje a câmara municipal de Gravatá aprovou por 12 votos (unanimidade) dos vereadores presentes, as contas do ex-interventor de Gravatá, Coronel Mário Cavalcante.

Embora aprovadas de acordo com o parecer do TCE – Tribunal de Contas do estado que recomendou aprovar com ressalvas, o resultado não deixou de surpreender muita gente, visto que os vereadores da oposição (sete) votaram ao lado dos vereadores da situação (cinco) pela aprovação. três vereadores não estiveram presente: Luiz Prequé, Léo Giestosa e Bruno Sales e todos justificaram as suas ausências.

A próxima votação será das contas do ex-prefeito Bruno Martiniano que até a manhã de hoje não havia sido encontrado, segundo o presidente da câmara, vereador Léo do Ar, para ser notificado.

Segundo o edil o pedido será encaminhado ao cartório para notificação judicial e depois será publicado no Diário Oficial e então a votação ocorrerá com ou sem a defesa do ex-prefeito Bruno Martiniano.