27 de janeiro de 2019 às 05:43h

Chega no Brasil mais uma empresa que prejudica a profissão do corretor de imóveis

O site Publicidade Imobiliária traz em sua matéria a informação sobre uma empresa que trabalha de forma diferenciada trazendo prejuízos aos corretores de imóveis.

Trata-se de uma empresa americana a Óram que está cobrando comissões de apenas 2% contra 5% e 6% do mercado.

“Enquanto no mercado tradicional a taxa de corretagem gira em torno de 5% a 6% nos Estados Unidos, a REX cobra um fee de apenas 2% pelos serviços”.

Outro detalhe é que há uma ligação direta com do comprador com o vendedor através de um algorítmo que trabalha com bigdata: “A menina dos olhos é um algoritmo que conecta as duas pontas do negócio de forma mais assertiva, usando big data e AI para encontrar os compradores que tenham a maior probabilidade de se interessar pelo imóvel à venda. A ferramenta se baseia, por exemplo, em dados geográficos, de renda e estágio de vida”.

Assim mais e mais empresas vão apresentando novidades que cada ver mais dificulta a vida do corretor tradicional, dai a necessidade permanente do corretor de imóveis se capacitar, encontrar formas de eficiente de relacionamento com os clientes a fim de garantir o seu lugar no mercado. Os órgãos da categoria como Creci e Cofeci devem começar a encontrar meios de proteger mais a profissão no sentido de garantir mais espaço para as transações que contem com a presença do corretor de imóveis.

Leia a matéria completa no link abaixo:

A startup que é o terror dos corretores de imóveis

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.