Vários fatores tem levado os investidores e construtores a investirem na cidade de Chã Grande com a implantação de empreendimentos imobiliários. Desde o preço das áreas, ou seja o valor do hectare, passando pela infra estrutura do município que investe na recuperação e conservação das vias urbanas e das estradas vicinais, além de restauração ambiental, aumentando a quantidade da mancha verde, facilitando a recuperação das nascentes e transformando a paisagem numa bela cobertura vegetal, são alguns dos fatores que tem influenciado a decisão tanto de quem quer investir quanto de quem quer morar ou descansar na pequena cidade de 25 mil habitantes.

Localizada a 77 Km do Recife e a apenas 15 Km de Gravatá, Chã Grande ainda conserva muitas tradições de uma cidade de interior, como as conversas nas portas das casas, comércio fechado ao meio dia para o almoço, cenas rurais peculiares e bucólicas e assim vão surgindo privês, condomínios, loteamentos e casas unifamiliares dos próprios moradores que também sentem o clima de ascensão da cidade e apostam no desenvolvimento do mercado imobiliário.

Em função disso grandes imobiliárias despertam o interesse de comercializar esses imóveis e fazem campanhas que destacam os aspectos positivos da cidade, mostrando que mesmo no agreste a mata atlântica pode ser exuberante na fauna e na flora, para incentivar os potenciais clientes a adquirirem os seus produtos.

Uma dessas imobiliárias é a Paulo Miranda uma das mais poderosas empresas do mercado imobiliário de Pernambuco e do Nordeste que desembarca em Chã Grade com um empreendimento especial que você vai conhecer amanhã com exclusividade aqui no blob do Tomaz.