São exatos 361.118 habitantes o que dá uma média de 342,07 hab/Km2 colocando Caruaru no septuagésimo lugar no Brasil e no quarto lugar no estado.

Com relação a outros dados do município constatamos um crescimento do número de evangélicos que ultrapassou os 50 mil, mas que ainda está distante dos mais de 200 mil católicos, enquanto que os espíritas somam pouco mais de 10 mil pessoas.

 

 

No quesito sexo percebemos que o número de mulheres é praticamente o mesmo de homens o que demonstra o crescimento da população masculina, em relação ao censo de 2010, provocado pela imigração de uma parte da população masculina de outras cidades da região para procurar trabalho e que terminam morando na capital do agreste.

 

Em 2017, o salário médio mensal era de 1.7 salários mínimos. A proporção de pessoas ocupadas em relação à população total era de 22.7%. Na comparação com os outros municípios do estado, ocupava as posições 66 de 185 e 10 de 185, respectivamente. Já na comparação com cidades do país todo, ficava na posição 3607 de 5570 e 1033 de 5570, respectivamente. Considerando domicílios com rendimentos mensais de até meio salário mínimo por pessoa, tinha 36.3% da população nessas condições, o que o colocava na posição 181 de 185 dentre as cidades do estado e na posição 3293 de 5570 dentre as cidades do Brasil

 

Na educação a taxa de escolarização de 6 a 14 anos ultrapassa os 90% o que dá um destaque especial a cidade e assim os reflexos dessa formação são sentidos na melhora da economia, conforme se vê  nos dois quadros abaixo

 

Aproximadamente 70% da receita de Caruaru são de fontes externas.

Esses dados mostram a potencialidade de Caruaru e o porquê de ser um dos municípios que mais cresce no Nordeste e no Brasil. Nesse contexto uma das melhores áreas para investimento é sem dúvida o mercado imobiliário que dá uma garantia de retorno e segurança na aplicação do capital.

Assim sugerimos a você investidor aplicar seu dinheiro na cidade que mais cresce em Pernambuco e que com certeza atingirá o 3º lugar no ranking estadual no próximo levantamento.