sexta, 28 de janeiro de 2022
PÁGINA OFICIAL DO JORNALISTA E ESCRITOR SEVERINO TOMAZ DE AQUINO
27 de janeiro de 2022 às 11:42h

A Cria contra o Criador

A briga de Léo do Ar contra Joaquim Neto

Esquenta a disputa pelo controle da oposição em Gravatá e a briga do presidente da Câmara Léo do Ar contra o ex-prefeito Joaquim Neto começa a virar novela e a partir de hoje eu passo a escrever os capítulos desse enredo que promete muita confusão daqui para a frente.

Recentemente dei o furo de que Léo do Ar pretendia sair do PSDB e que levaria com ele alguns vereadores aliados de Joaquim Neto. Numa reunião com Eduardo da Fonte do PP, Léo do Ar acertou detalhes de sua independência política, onde passa a ser o aliado do PP em Gravatá e passando a ocupar um lugar de oposição destacado e não mais na sombra do ex-prefeito.

A esposa dele Daniele Roriz vai assumi o PP que ficará à disposição de Léo do Ar para  as eleições de 2024. Disposto a enfrentar a liderança de JN e se firmar como um líder independente, Léo do Ar trabalhará para desgastar a imagem do seu líder e dessa forma crescer junto ao eleitorado.

Uma das estratégias será a de reprovar as contas do ex-prefeito, aprovando as ressalvas feitas  pelo TCE, o que vai gerar processos que podem levar a inelegibilidade da candidatura de JN nas próximas eleições, deixando livre o caminho para Léo do Ar dar seu grito de independência.

Se Joaquim Neto de fato for candidato a deputado estadual e se por acaso vier a ser eleito então todos os projetos de Léo do Ar vão para o buraco e ele vai disputar a reeleição de vereador com Joaquim Neto no seu pé.

O problema é que essa será uma das eleições mais difíceis do ex-prefeito: com sua imagem abalada pela boa gestão do padre Joselito, sem base de apoio na câmara, com contas correndo o risco de serem rejeitadas e com denúncias de irregularidades pela secretaria de educação, o ex-prefeito Joaquim Neto ainda vai ter que enfrentar a popularidade de Waldemar Borges, apoiado pela prefeitura que quer derrotar de forma escandalosa a candidatura do ex-prefeito.

Assim Joaquim Neto vai preparando a sua via crucis da Semana Santa.

Por isso, não acredito na candidatura de Joaquim Neto para deputado estadual e na verdade o que ele quer é ser o coordenador da campanha de Raquel Lyra ao governo de Pernambuco, onde ele aposta todas as suas fichas para tentar a sua ressureição como líder político de Gravatá, com possibilidade de se tornar novamente o prefeito da cidade.

Amanhã teremos o primeiro capítulo da novela: A Cria quer engolir o Criador.

19 de janeiro de 2022 às 06:47h

Quem será o candidato a governador do PSB?

A decisão do governador Paulo Câmara de não renunciar ao cargo e concluir o seu mandato, alterou significativamente o quadro eleitoral de Pernambuco.

A primeira consequência é que marca o fim do sonho de Luciana Santos que esperava assumir o lugar de Câmara e assim influir na construção das candidaturas para o governo e para o senado nas próximas eleições. A segunda consequência é que dessa forma o poder de indicar o candidato passa a ser dele que deve abrir espaço para o PT, em troca de um ministério, caso Lula saia vitorioso das eleições para presidente.

Com isso o nome que vai disputar o governo pela frente popular deverá sair do bolso do governador e provavelmente será uma mulher: a secretária de Infra estrutura Fernandha Batista, seguindo a cartilha de Eduardo Campos de colocar um técnico e não um político na cabeça de chapa, com Humberto na vice.

A disputa de verdade vai se dar pela briga para a vaga de senador que ficará entre Eduardo da Fonte e André de Paula com mais chances para André consolidar o seu nome nessa disputa.

Portanto, Paulo Câmara atual governador dará as cartas na sucessão de Pernambuco em 2022.

19 de janeiro de 2022 às 06:32h

Duelo de Gigantes: Joaquim Neto contra Waldemar

“Joaquim Neto colhe o que plantou!”

Essa foi a frase de um dos maiores aliados de Joaquim Neto em todos os tempos, afirmando que ele abandonou a bondade e os amigos durante as últimas gestões e assim foi se afastando dos verdadeiros amigos e se distanciando das vitórias que marcou a sua vida.

O evento que ele realizou não chegou nem perto do que deveria ter sido, além disso, nomes de peso não compareceram ao lançamento de sua candidatura como Bruno Araújo, Eduardo da Fonte, Lucas Ramos e outros para deputado estadual, pela prefeita de Caruaru, Raquel Lira que é candidata a governadora.

Isso mostra que não será um caminho fácil a ser trilhado pelo ex-prefeito que vai enfrentar um Waldemar Borges carismático, com trabalho em prol da cidade e apoiado pela máquina da prefeitura. Se realmente mantiver a sua candidatura, o que é pouco provável, Joaquim vai ter resgatar ou pelo menos tentar a sua tática de se reaproximar dos seus ex-aliados como Aldo da Lamassa, Nenê de Uruçu, Nego Suíno e o próprio Léo do Ar, presidente da câmara, que sinaliza o tempo todo um afastamento do ex-prefeito, com o objetivo de construir uma liderança independente e, segundo fontes confiáveis, está conversando com ex-adversários e deve fazer a travessia para o PP de Eduardo Fonte que será o seu candidato a federal nas próximas eleições.

Assim teremos uma antecipação da eleição de 2024 para prefeito de Gravatá, com a disputa entre Joaquim Neto e Waldemar Borges, cabe destacar que a eleição para deputado é mais difícil porque muitos candidatos pulverizam a votação diminuindo a quantidade dos votos dos preferenciais, como Waldemar é poiado pelo atual prefeito e quem não seguir a cartilha de apoiar a sua candidatura ara estadual vai ser exonerado, Waldemar Borges deve ser o vitorioso no próximo pleito.

18 de janeiro de 2022 às 08:22h

Evento de Joaquim Neto apresenta Raquel Lira como candidata a governadora de Pernambuco

Ontem, no CDG, o ex-prefeito Joaquim Neto lançou a sua candidatura a deputado federal e a de Raquel Lira a governadora dentro do movimento Levanta Pernambuco.

Derrotado nas eleições passadas para prefeito pelo padre Joselito Gomes do PSB, Joaquim Neto fez o seu primeiro evento público desde a saída da prefeitura em 31 de dezembro de 2021 e que come certeza não foi o que ele esperava.

Com pouca gente e sem a presença do presidente da câmara Léo do Ar, também do PSDB que alegou problemas de saúde e com a ausência de vários vereadores da situação, além do seu fiel ex – vice prefeito Danilo Melo, o evento realizado pelo ex-prefeito não empolgou os presentes, um evento apático, sem emoção, sem alegria e sem público, apenas com seus aliados mais próximos.

Na sua fala o ex-prefeito denunciou cinco mortes em apenas um dia, na nova UPA que, segundo ele, não existe nenhuma UPA, disse que o governo do estado ficou devendo R$ 10 milhões à prefeitura, ou seja as mesmas denúncias que fez durante o seu mandato e que não deram em nada.

Depois apresentou Raquel Lira que fez a defesa do movimento Levanta Pernambuco que inclui Anderson Ferreira, prefeito de Jaboatão e Daniel Coelho, deputado federal e presidente do cidadania e usando da palavra fez críticas ao governo do estado que não olha para as prefeituras, onde os prefeitos não são atendidos pelo governo do Estado, foi um discurso frio, somente destacando os problemas de Caruaru e sem levantar a plateia, isto é desse jeito o projeto Levanta Pernambuco, não vai levantar nem defunto.

No seu discurso Raquel Lira errou e disse que Joaquim Neto vai ser candidato a deputado estadual. Ou ela errou, ou Joaquim Neto voltou atrás e agora vai disputar para estadual mais uma vez.

Seja para enfrentando Waldemar Borges que será o mais votado da história de Gravatá ou para federal enfrentando o deputado federal André Ferreira que é apoiado pela máquina da prefeitura, o ex-prefeito vai fazer uma caminhada muito difícil.

É aguardar e conferir.

 

 

23 de dezembro de 2021 às 20:17h

Tendência do Mercado Imobiliário de Gravatá para 2022 é positiva

Prefeito Joselito Gomes recebe empresários do loteamento Monalisa

Estamos vivendo uma grande fase do mercado imobiliário em Gravatá.

Muitos lançamentos de loteamentos, casas populares, privês, enfim empreendimentos em todos os segmentos do mercado: residenciais, comerciais, etc.,  Isso demonstra o potencial de Gravatá para a construção civil, que é um dos pilares da economia e também serve como mola propulsora para a  indústria do turismo da cidade.

Corretores, construtores e Clientes – Os 3 “C” da construção, falam de forma positiva sobre o atual estágio da construção civil, afirmando que muitas amarras foram tiradas pela a atual gestão, facilitando a aprovação de projetos e o desenvolvimento econômico do município como um todo.

Um dos fatores que vem contribuindo para o crescimento do setor são os investimentos da prefeitura nos serviços públicos de uma maneira geral.

A infra estrutura vem melhorando com a recuperação das estradas rurais, com a construção de uma nova ponte próximo da Natural da Vaca, com saída para a perimetral, a pavimentação da PE 078, que liga Gravatá a Passira, além de intervenções na saúde com a inauguração da UPA, a construção de novas escolas na educação, a chegada do Novo Atacarejo e tudo isso melhora a auto estima dos gravataenses, e – por consequência – dos visitantes, turistas e moradores de segunda residência que aportam na cidade.

As perspectivas do mercado imobiliário para 2022 são positivas e se baseiam em resultados apresentados pelos índices de vendas dos imóveis em construção e dos terrenos disponibilizados nos diversos loteamentos aprovados em 2021.

 

 

11 de dezembro de 2021 às 16:56h

PE 078 que liga Gravatá a Passira será pavimentada

Depois de oito anos de luta o grupo que se uniu para lutar pelo projeto de pavimentação da estrada de Avencas como éc0nhecida a PE 078 no trecho de Gravatá a Passira, finalmente sairá do papel.

Formado por Fernando Cavalcante, Alexandre Moura Vasconcelos, Alexandre Resende, Alexandre Saraiva, Emanoel Rocha, Jairo Borges, João Manoel, Romero Cintra e outros, e denominado Grupo de Amigos da PE 078, com apoio do deputado Waldemar Borges, conseguiram a aprovação do projeto pelo governo do estado e a licitação para a escolha da empresa será realizada em breve.

Isso mostra o quanto é importante termos pessoas interessadas pelo desenvolvimento da cidade como empresários, líderes políticos, etc., e que com união buscam envidar esforços no sentido de conquistar melhorias coletivas como essa pavimentação de uma das vias mais importantes de Gravatá que é a PE 078.

Essa semana o grupo de amigos da PE 078 esteve com o governador Paulo Câmara que anunciou a realização das obras de infraestrutura da via que atenderá a demanda de toda população que se localiza em Russinhas, Ladrilho, Maria Izabel, Cotunguba, Avencas e outros terchos, chegando até a cidade de Passira e abrindo um novo canal de escoamento.

Grupo amigos da PE 078

 

4 de dezembro de 2021 às 06:15h

Porque estamos aqui?

Empresária Alcione Albanesi vende tudo para ajudar os sertanejos

Para deixar o nosso legado!

Até dizem que todos devem: plantar uma árvore, escrever um livro e ter um filho, ou seja três coisas pelas quais você lembrado. Mas a essas eu acrescento a quarta coisa que é importante na nossa vida, mas que não é para nós como as outras. Essa quarta coisa é os servir. É o ajudar, é o se compromissar com alguma necessidade do outro e por consequência a principal como nos ensina as escrituras, mostrando que devemos amar ao próximo como a nós mesmos.

O maior legado será aquele que representa a nossa disposição de ajudar, por isso homens e mulheres em todo mundo são lembrados todos os dias por pessoas que discutem a doação de sua vida para ajudar a quem precisa. Os exemplos são poucos: Chico Xavier, Madre Tereza de Calcutá, Dom Hélder Câmara, Pastor Billy Gram, Pastor João Calábria, Alcione de Albanesi que largou sua empresa para se dedicar a combater a miséria no semi -árido, etc, que se dedicaram à caridade e a ajudar os mais pobres.

Portanto, é importante plantar uma árvore, escrever um livro, ter um filho, mas com certeza não é suficiente para você ter uma história marcante aqui na terra. O que vai lhe trazer à lembrança não só dos seus, mas de todos é o que você fez de bem, é o bem que você proporcionou, é a ajuda que você deu.

Costumamos nesse período natalino fazermos ações para melhorar ainda que por horas, ou dias, a vida dos que sofrem. Entretanto o sofrimento, a fome, o desemprego, a violência são diários e por isso se torna imprescindível que tenhamos pessoas dispostas a doarem o seu tempo para minorar as dores de quem sofre.

Que o natal seja  porta de entrada para que atravessemos o deserto da indiferença e passemos a construir um legado de amor, de carinho, de atenção, de cuidado, de dedicação aos mais necessitados.

A todos um bom dezembro e um excelente Natal e tudo isso que escrevi se aplica a mim, é para mim, pois já tenho filho, escrevi 10 livros e tenho centenas de árvores plantadas, mas a parte do legado que se refere a responder a grande questão: O que tenho feito para ajudar a quem precisa? Continua sem respostas, ou com ações tão pequenas que nem se quer serão lembradas…

A todos um bom Natal e um Ano Novo de prestação de serviços, de ajuda a quem precisa e de doação de tempo e de amor a quem anseia por uma mão amiga….

 

30 de novembro de 2021 às 12:12h

Sérgio Moro lança livro no recife

Sérgio Moro vai lançar livro no Recife contando os bastidores da sua saída do governo Bolsonaro.
Em entrevista ao Estadão ele disse:
“É importante destacar que o combate à corrupção, a construção de um país mais íntegro, não é um propósito pessoal. Eu nunca encarei essas questões como uma derrota pessoal. Nós avançamos durante a Operação Lava Jato. Infelizmente, vimos retrocessos que vieram do Congresso, do Planalto e também do Supremo Tribunal Federal. Decisões tomadas por maioria que enfraquecerem o combate à corrupção. Mas, ao invés de adotar aquela postura agressiva, o que nós temos que buscar é construir soluções. Nós podemos retomar, por exemplo, a execução da condenação em segunda instância, que às vezes parece complexo, mas é fácil das pessoas entenderem. A gente precisa ter um processo criminal que chegue em um fim, porque um processo sem fim no fundo é a porta da impunidade para os poderosos, que conseguem postergar o fim do processo infinitamente. Eu faço essa abordagem crítica de decisões que o Supremo tomou, com todo respeito, porque foram decisões que realmente não foram favoráveis para o fortalecimento do combate à corrupção. No entanto, se houvesse um Planalto comprometido com o tema, ele seria um contraponto, teria influência tanto no Congresso como junto ao Supremo Tribunal Federal. E ao contrário, como eu coloco no próprio livro, o Planalto de certa maneira comemorou o fim da prisão em segunda instância. O presidente inclusive proibiu o filho dele de se manifestar a respeito. Então é algo absolutamente paradoxal e essas contradições estão muito claras. Essa, inclusive, também é uma das razões da minha saída do governo. Eu fiquei lá, defendi minhas posições, defendi o que o povo brasileiro esperava, que era o fortalecimento do combate à corrupção, e fui vendo esse plano sabotado paulatinamente. Até o momento em que houve a interferência na Polícia Federal, aí eu perdi qualquer motivo para permanecer no governo”.
O evento será no Teatro do Rio Mar, no dia 5 de dezembro, com início às 18 horas. Os ingressos já estão à venda.
Por isso que precisamos urgente de um novo governo e juntos Podemos ter um Novo Brasil.
15 de novembro de 2021 às 07:18h

Quais as principais características de um Homem?

Acróstico para a palavra HOMEM

Lembro que me pediram para fazer um acróstico para a palavra HOMEM a fim de identificar o homem perfeito, quando dava uma palestra para corretores na cidade de Maceió – AL.

Disse que a perfeição é buscar ser perfeito o tempo todo, embora saibamos que nunca vamos chegar ao fim.

Naquela ocasião fiz o seguinte acróstico: HOMEM COM “H”.

H – De Honestidade

O – De organização

M – De moral

E –  De esperança e

M – De moderação

Agora recentemente me pediram para refazer esse acróstico dizendo que duas coisas dessa lista estão fora de moda: HONESTIDADE E MORAL!

Será que é isso mesmo?

A humanidade perdeu a honestidade e a moral?

Não acredito! Para mim em todos os tempos sempre houve honestos e desonestos, orgulhosos e humildes, bons e ruins… sempre foi assim. A nossa luta, ou seja, daqueles que acreditam que é possível mudar continua sendo a mesma também: “ter fé em Deus, ter fé na vida, como diz a canção”.

Por isso, resolvi manter a honestidade e a moral no novo acróstico só acrescentei mais uma característica para cada uma das letras e assim se formou o novo acróstico.

H – Humildade/Honestidade

O – Observação/Organização

M – Mediação/Moderação

E – Esperança/Esforço

M – Moral/Maturação

15 de novembro de 2021 às 06:24h

É tudo farinha do mesmo saco!

“Homines sunt ejusdem farinae” = São todos farinha do mesmo saco

É uma expressão em latim – uma metáfora para demonstrar que os homens são feitos da mesma farinha. Significava que antigamente a farinha boa era colocada num saco e a farinha ruim em outro saco. Dessa forma os bons andavam com os bons e os maus andavam com os maus.

A “É tudo farinha do mesmo saco” sempre é usada quando se pretende mostrar que estão juntos determinados políticos que antes brigavam como está acontecendo agora com Bolsonaro e Valdemar Costa Neto e acreditem com o PT e o PSDB. Muita gente fica espantada com essa união, sem acreditar que Geraldo Alckmin pode ser vice de Lula nas próximas eleições.

“Para o povo – nada, Para o rei e seus súditos, tudo!”

Essas conversas apenas demonstram aquilo que sempre digo: Na política o que importa são os interesses dos próprios políticos.  Quando era interessante PT e PSDB brigavam de mentirinha, apenas para trocarem de lugar – agora eu mando (PSDB); a próxima vez sou eu que vou mandar (PT) parecendo até coisa combinada entre eles (FHC e LULA). E agora a gente comprova que era de fato combinado, o que interessava era menter o poder entre os dois grupos sem dar chance a uma terceira via, o que agradava a todas as “Zelites”, inclusive judiciais, midiáticas, policiais, todas ganhavam, menos a sociedade.

O Joio e o Trigo também estão no mesmo saco 

Agora com a possibilidade mais uma vez de vitória de uma terceira via com a candidatura de Sérgio Moro, os farinheiros estão colocando todas as farinhas num saco só, não importa a qualidade da farinha, importa derrotar a terceira via. Um candidato de fora do saco ganhar a eleição de novo, como ganhou Bolsonaro será o fim da picada.

Por isso que Bolsonaro agora dentro do mesmo saco dos outros conversa com Valdemar Costa Neto e Lula conversa com FHC, Bolsonaro e Lula pretendem continuar mandando no país por muito tempo como aconteceu com o PSDB e o PT e não querem nem pensar na vitória de Sérgio Moro que é de fato a única possibilidade de mudar o jogo.

O problema é que precisamos separar não as farinhas do mesmo saco (boas e ruins) e sim o joio que fora do saco é quem estraga o saco todo.

vídeos +