quinta, 13 de maio de 2021
PÁGINA OFICIAL DO JORNALISTA E ESCRITOR SEVERINO TOMAZ DE AQUINO
24 de abril de 2021 às 08:57h

Trabalhar é minha sina….

Bom dia meus amigos…

Com já venho dizendo a vocês há algum tempo estou terminando de montar o novo perfil e como falei será num novo contexto, voltado para a arte e para literatura.

Há dois anos comecei a preparar a minha aposentadoria e faltam apenas mais 2 anos e meio para o prazo que estabeleci para realizar a minha transição.

Algumas pessoas me procuraram e me propuseram entrar na política como candidato a prefeito. Ensaiei a filiação em um partido de um amigo com esse intuito, mas não foi isso que imaginei para a minha velhice. Como diz Oswaldo Montenegro: “Se puder envelheça”, logo se eu puder quero envelhecer e envelhecer bem.

Sendo assim afasto definitivamente qualquer interesse em candidatura e por consequência do jornalismo investigativo, o que já tinha feito desde o término da eleição da câmara.

Deus me deu dois dons o de escrever e o de pintar!

Quero terminar os anos que me restam escrevendo e pintando, por isso falei a vocês da mudança de contexto no meu jornalismo que agora passa a ser informativo e com foco em coisas positivas.

Quero escrever sobre coisas boas, nesse mundo que só divulga coisas ruins, quero falar de boas ações, de boas práticas, quero divulgar meus amigos escultores, artistas plásticos, escritores.

Quero indicar bons livros para uma boa leitura e que tenham o poder de transformar a vida das pessoas através dos ensinamentos neles contidos.

Por força maior estou afastado de Gravatá, dividindo a minha morada entre Gravatá e Olinda, mas está servindo de aprendizado, de experiência, de reflexão, de busca e isso é maravilhoso.

Nosso Deus tem os seus propósitos e sua forma de nos guiar. Os planos são nossos, mas o caminho é o Senhor quem indica.

Então a partir de agora entro na segunda fase de mudança de vida que é a mudança dos meus textos que passarão a se concentrarem no valor das pessoas como plantadoras de boas sementes.

Espero pintar mais, escrever mais, ler mais, enfim viver mais e ter mais amigos, não citarei nenhum deles, para não esquecer outros, mais quero conviver mais com a literatura e a pintura, participando de grupos voltados para essas áreas.

Continuarei a ser um agricultor das letras, arando a terra seca das ideias, lançando as sementes das palavras, irrigando com o suor da inspiração, adubando com a imaginação, podando com a razão e colhendo histórias cheias de emoção.

Portanto, meus amigos encerro hoje com aletra da música de Zeca Baleiro “Ai que saudade D´Ocê”, nesse caso a palavra namoro pode ser substituída por um café, uma bate papo com tomaz, um passeio em grupo, enfim todos os momentos que já vivi e quero voltar a viver com meus amigos e com as pessoas que amo.

Não se admire se um dia um beija-flor invadir
A porta da tua casa, te der um beijo e partir
Fui eu que mandei o beijo
Que é pra matar meu desejo
Faz tempo que eu não te vejo
Ai que saudade d’ocê

Se um dia você se lembrar, escreva uma carta pra mim
Bote logo no correio, com frases dizendo assim
Faz tempo que eu não te vejo
Quero matar meu desejo
Te mando um monte de beijo
Ai que saudade sem fim

E se quiser recordar aquele nosso namoro
Quando eu ia viajar, você caía no choro
Eu chorando pela estrada, mas o que eu posso fazer?
Trabalhar é minha sina
Eu gosto mesmo é d’ocê

Eu chorando pela estrada, mas o que eu posso fazer?
Trabalhar é minha sina
Eu gosto mesmo é d’ocê

A todos um bom fim de semana

2 de fevereiro de 2021 às 07:14h

Turismo Rural é opção no período de carnaval

A decisão do governo do estado de incentivar a busca pelo interior durante o período de carnaval é uma medida que beneficia acidade de Gravatá e a região do Agreste.
O importante é que os secretários de turismo dessa região façam uma união no sentido de realizarem ações que possam oferecer bons programas aos visitantes sem infringir as normas de segurança em vigor, destinadas ao combate do coronavírus.
Estimular os projetos que possam levar os turistas e até os nativos par conhecer os destinos rurais de cada cidade, criando as condições de transporte, segurança e produtos é uma das opções a serem exploradas e que não causam tantos problemas de aglomerações.
Visitas às cachoeiras, trilhas equestres, passeios no parque eólico, no plantio de flores, reservas do patrimônio natural. Na área seca, para se conhecer projetos de apicultores e de criação de caprinos e ovinos, bem como a produção de queijo, são opções baratas e de lato retorno promocional para o município.
Que a secretaria de turismo de Gravatá que conta com uma equipe experiente com Patrick Barbosa, Thamires, Wagner e tantos outros possam criar os produtos e oferecer os serviços, inovando os equipamentos.
Na área central podemos ter as trilhas ferroviárias, um city tour pelos casarios, o rapel na ponte cascavel e tantas outras opções.
Portanto, está na hora de começarmos a atender bem o nosso turista, o nosso visitante, o morador de segunda residência. vamos aproveitar o estímulo da secretaria de Turismo do Estado até porque o governo é aliado do prefeito e se não conseguir nada, então é melhor ser oposição.
6 de janeiro de 2021 às 19:12h

PRÓXIMA PARADA, ARCOVERDE!!!!

A Secretaria de Turismo e Lazer do Estado (SETUR) e a Empresa de Turismo de Pernambuco (EMPETUR), devem reiniciar nos próximos dias a distribuição, entre os municípios pernambucanos, a entrega do PASSAPORTE PERNAMBUCO DE TURISMO e, dentre os próximos destinos a serem contemplados, está a Capital do São João, Terra do Samba de Coco e da Folia dos Bois – ARCOVERDE, histórico berço do primeiro Cardeal do Brasil e da América Latina. Para tanto, o atual Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Antônio Gibson de Siqueira (Bibo Baiaca), em nome do Prefeito Wellington Maciel, iniciou as tratativas junto à órgãos gestores do turismo do estado, a exemplo das Diretorias de Marketing e de Estruturação do Turismo da SETUR-EMPETUR.
Levar o Passaporte Pernambuco para mais municípios do Estado é o desejo do Secretário Estadual de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, juntamente com o Presidente da EMPETUR, Antônio Neves Baptista. Afinal, semelhante a um passaporte de verdade – mas sem valor de um documento oficial – o “caderninho” virou objeto de desejo de consumo de pernambucanos nativos e turistas de todas as partes do Brasil que pretendem conhecer os belos e emblemáticos atrativos turísticos do Estado, dentre eles, claro, os de Arcoverde, que, além de seu consolidado calendário de eventos, também possui belos atrativos de turismo cultural, religioso e natural, dentre outros.
Distribuído gratuitamente em diversos pontos do litoral ao sertão do Estado, o passaporte permite que o viajante registre a passagem pelos locais que for conhecendo, por meio de carimbos coloridos e criativos. Quando chegar à Arcoverde, o passaporte deverá ser encontrado nos equipamentos de hotelaria, na ACA, CDL e SESC; em centros turísticos a exemplo do Santuário da Divina Misericórdia e, muito certamente, no Centro de Gastronomia e Artesanato (antigo mercado de carnes do histórico Beco do Buíque), equipamento inaugurado na gestão recém-encerrada da ex-Prefeita Madalena Britto e que é administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEDETUR).
Para outras informações sobre os destinos que já receberam e a programação das próximas entregas do passaporte, além de conteúdos exclusivos sobre o turismo do Estado acessem o perfil do Instagram do Descubra Pernambuco (@descubrapernambuco).
Imagens da internet.
4 de janeiro de 2021 às 05:48h

Início de um novo modelo de gestão em Gravatá

Hoje começa de fato a administração do padre Joselito e Darita na cidade de Gravatá. Cada secretário vai ocupar a sua pasta e dar início às ações de mudança.
 
Ainda não tivemos acesso a nenhum relatório da comissão de transição sobre a situação da prefeitura e nem um decreto do novo governo estabelecendo metas para os primeiros 100 dias.
 
Vamos torcer para que de fato a nossa cidade retome o desenvolvimento, que tenhamos o tão sonhado distrito industrial, que o turismo volte a ser pujante, que a saúde funcione e atenda melhor os necessitados do serviço público.
 
Como sempre estarei falando de turismo que é a minha área, visto que atuo no mercado imobiliário e junto com a construção civil é um dos pilares da economia do município e também tenho comércio voltado para os turistas e nativos no polo moveleiro de Gravatá.
 
Elenco 06 (seis) eixos temáticos para a discussão do planejamento do turismo na nossa cidade que vai ser comandado pelo vice prefeito Júnior Darita: 1. Requalificação do Polo Moveleiro; 2. Reutlização das Trilhas Equestres; 3. Requalificação do Alto do Cruzeiro; 4. Criação da Rota das Flores, 5. Criação da Rota Seca (Pedra Vermelha) 6. Retomada do Festival de Arte e Literatura.
 
Além desses sugiro o fechamento de algumas ruas nos domingos e feriados como Duarte Coelho – Polo Moveleiro, Av. Joaquim Didier para que os gravataenses e os turistas tenham opção de lazer.
 
Não jogo no quanto pior melhor e estarei divulgando as coisas positivas que venham enriquecer a nossa cidade e ajudar o nosso povo.
 
Aos novos gestores desejo sucesso e vamos trabalhar, 2021 começa hoje!
1 de janeiro de 2021 às 07:34h

As 365 Leis da Bíblia Para o sucesso no Livro de Provérbios

Olá amigos!
 
A partir de hoje e durante todo esse ano, vocês vão acompanhar comigo as 365 Leis do Livro de Provérbios para você atingir o sucesso na sua vida.
 
Para uns o sucesso é dinheiro, fama, sexo, vitória em cima de vitória, para outros é poder, status, glamour.
 
Aprendi há um bom tempo que sucesso para mim é PAZ, SAÚDE e Obediência aos princípios de Deus.
 
Por isso você tem que saber o que é o sucesso para você e se vale a pena lutar por isso.
 
Porque a outra certeza é a de que nada levaremos quando partirmos dessa vida.
 
#sucesso
#paz
#saúde
#vida

 

19 de dezembro de 2020 às 20:11h

Padre Joselito e Darita se reúnem com representantes da construção civil

O prefeito eleito de Gravatá, padre Joselito e o vice, Junior Darita estiveram reunidos na tarde deste sábado (19), com representantes e empresários da construção civil que atuam em Gravatá. O encontro teve como objetivo apresentar um panorama do andamento dos trabalhos realizados na cidade e o interesse em empreender ainda mais na cidade. O grupo de empreendedores também solicitou ao futuro gestor do executivo municipal a análise dos projetos pendentes, assim como a continuidade dos serviços, para que não seja necessário a paralisação das atividades.
Durante a conversa, os empresários falaram sobre a dificuldades que encontram na Prefeitura para aprovação, liberação de projetos e licenças, documentos necessários para o andamento das obras. O padre Joselito e Darita conversaram com os presentes, destacaram a importância do segmento na economia da cidade enfatizaram a necessidade de sempre ouvir as pessoas que desejam investir em Gravatá.
“Precisamos de uma equipe qualificada, preparada, que dê conta do trabalho e que facilite o processo, para que desta forma Gravatá possa ganhar. Esse foi um pedido constante durante a nossa campanha, gerar oportunidade de trabalho e o carro chefe sempre foi a construção civil. Iremos trabalhar para otimizar os procedimentos que são de responsabilidade da gestão municipal, para facilitar junto aos setores, instituições financeiras, cartório, para que o processo seja mais ágil”, destacou o prefeito eleito, padre Joselito.
Texto Junior Darita
Fotos: Rodolfo Lima
18 de dezembro de 2020 às 15:12h

Prefeito padre Joselito vice-prefeito Darita e vereadores são diplomados no Fórum de Gravatá

Na manha da sexta-feira (18), os candidatos eleitos no dia 15 de novembro foram diplomados para os respectivos cargos no salão do Júri do Fórum de Gravatá. A sessão foi presidida pelo Juiz Eleitoral da 30ª Zona Eleitoral, Luiz Célio de Sá e contou com a presença da promotora Eleitoral, Fernanda Nóbrega, representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) o advogado, Marllon Lima.

O prefeito eleito, padre Joselito Gomes, o vice-prefeito, Junior Darita e os quinze vereadores eleitos participaram do ato democrático que marca a história politica de Gravatá. Devido à pandemia causada pelo novo coronavirus, o ato de diplomação foi restrito e seguiu as regras sanitárias de distanciamento social. No facebook do padre Joselito a transmissão do evento foi realizada e você pode acompanhar pelo link: https://www.facebook.com/padrejoselito

“o mandato eleitoral é uma procuração, o povo de Gravatá instituiu uma procuração para que os senhores sejam representantes deles no mandato nos próximos quatro anos. O povo é o mandante e os senhores o mandatário. Ao tomarem posse, vocês não serão representantes de uma cor ou ideologia, vocês serão representantes do povo de Gravatá como um todo, independente de partido”, destaca o Juiz Eleitoral, Luiz Célio que completou sobre os poderes Executivo e Legislativo. “os senhores terão mais deveres do que poderes. E não serão, mas estarão no poder. Todos aqui somos servidores do povo, cada um em sua função”, completou.

“Agradeço a parceria, o bom senso e o trabalho realizado durante esse período eleitoral ao Dr. Luiz Célio e toda equipe do Eleitoral, os servidores que foram essenciais para atender toda a demanda desse período que ainda estamos concluindo. Essa eleição contou com muitas demandas judiciais e destaco também o trabalho dos advogados e representantes dos partidos para que o pleito acontecesse da melhor forma. Hoje é um momento de alegria, da festa da democracia, que é linda e eu quero parabenizar a todos”, disse a promotora Eleitoral, Fernanda Nóbrega, que destacou a importância da mulher na política. “Infelizmente na próxima gestão não teremos mulheres na Câmara Municipal, mas quero dizer que mulher pode e deve sim, se candidatar e buscar o espaço delas na política”.

O vice-prefeito, Junior Darita após a diplomação cumprimentou os demais candidatos diplomados e destacou a alegria em poder representar o povo de Gravatá junto ao padre Joselito. “Esse é o momento que marca a libertação do povo de Gravatá, que elegeu a nossa união que irá trabalhar para o bem de todos os gravataenses”, disse.

Para o prefeito de Gravatá o ato de diplomação reafirma o compromisso de cuidar do povo da cidade, que necessita de tantos cuidados. “Hoje fomos diplomados pela Justiça Eleitoral nos entrega esse certificado que nos permite trabalhar para o nosso povo. O nosso compromisso é cuidar de Gravatá. Cuidar de todos que precisam de atenção, de serviços públicos de qualidade. Estaremos unidos, ouvindo a população, trabalhando para todos, em especial, para os mais carentes”, disse o prefeito eleito de Gravatá, padre Joselito Gomes

Por Rodolfo Lima
Fotos: Nilson Silva (ASCOM)

6 de dezembro de 2020 às 05:07h

Justiça, Honestidade e solidariedade os três pilares de um líder de sucesso

Quantas vezes lemos, ouvimos e escrevemos sobre os exemplos de Jesus para seus liderados, onde ele se mostra justo, honesto e solidário para quem precisa. Assim devemos agir sob esses três fundamentos para podermos começar a usufruir dos benefícios da liderança e sermos de fato um líder de sucesso. Quando alguém diz devemos imitar Jesus, imediatamente nos vem um sentimento de impossibilidade: “Ah! imitar Jesus? Isso é impossível! Mas, quando entendemos que imitar Jesus é adotar essas três características que ele aplicava em sua vida diária, como mostra o versículo abaixo:

O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco. Fp 4:9

Você é líder?

Se sua resposta for sim então você é uma pessoa honesta, justa, porque se não for então você não é líder.  A verdadeira liderança se baseia sobre três pilares: justiça, honestidade e solidariedade.

Os que sobem na desonestidade são como os foguetões que descem mais rápido do que sobem, ou seja, o tempo que permanece no topo é muito pouco e tudo isso porque Deus que permite a obtenção da liderança é o mesmo que retira essa autoridade de todo aquele que é desonesto, injusto e aproveitador.

Ora, em geral, como diz o versículo acima aprendemos, recebemos, ouvimos e vemos as coisas boas que são feitas e que também deveríamos fazer, ou seja, só seremos de fato um líder verdadeiro quando não humilharmos as pessoas, não enganarmos os nossos companheiros, não pensarmos somente em nós, mas no coletivo.

Se isso fizermos seremos felizes e teremos Paz, porque Deus estará conosco.

Se queremos ser um líder verdadeiro, então imitemos a Jesus, não precisamos ser igual porque é impossível, mas imitá-lo já é um grande passo para nos tornarmos líderes melhores, pois o nosso pensamento estará sempre recheado de tudo que é verdadeiro, honesto, justo, amável e de boa fama e assim agiremos sempre com virtude como encontramos em Filipenses 4:8.

3 de dezembro de 2020 às 23:26h

A inauguração da estação de Russinhas

É interessante conhecermos a história da linha férrea de Pernambuco e dos seus atrativos. A professora Dilsa Farias publica em sua página “Gravatá em Fotos e Recordações” trecho do livro “Historia de Gravatá” sobre o nome Serra das Ruças com “ç”: ”

“A Serra das Ruças recebeu como primeiro nome Serra Comprida. No começo do Séc. XIX recebeu o nome de Serra das Ruças, com cedilha, pois o patrimônio referia-se à cor da neblina, que nas manhãs de estio e tardes de inverno, recobria todo planalto. Nas madrugadas geladas e nas inverneiras fortes, fazia os caminhantes, boiadeiros e motoristas dizerem nervosos: a Ruça (a neblina, a cerração) hoje está medonha… Ruças porque a garoa a vestia de noiva envolvendo-a nas malhas misteriosas da chuva, do silêncio e da solidão…”
Alberto Frederico Lins.

Essa história para mim tem muito significado, pois o ponto marcante desse percurso foi a inauguração da estação de Russinhas em 24 de agosto de 1887, três anos depois da inauguração da estação de Gravatá e depois desativada. A estação de Russinhas foi construída e doada ao governo pelo empresário da construção civil, Dr. Osmond Cox, que junto com meu antecedente Manoel Thomaz de Aquino Albuqueque, filho de meu tri avô José Thomaz de Aquino Albuquerque, que já trabalhava na Great Western e depois Great Western do Brasil, com a implantação de  linhas férreas tanto na Europa quanto no Brasil.

O sobrenome Thomaz  ao chegar no Brasil perdeu o “H” e passou a se grafar “Tomaz” tanto com “s” quanto com “z”, derivando para todos os “Tomaz” do Brasil, que chegaram em 1808, junto com a corte de Dom João VI.

Nesse dia de festa que começou em Recife e terminou em Gravatá na inauguração da estação de Russinhas, conforme se lê no “Jornal do Recife” de 04.01 1884 os senhores:  Dr. Osmand Cox e o capitão Manoel Thomaz  libertaram seus escravos, quatro anos antes da libertação geral.

Segue trecho do Jornal do Recife com o relato da viagem Recife – Gravatá e depois o retorno Gravatá até Jaboatão.

3 de dezembro de 2020 às 06:09h

Recuperar, reaproveitar, reusar e renovar madeiras na Galeria Rota232

É assim que chega no nosso ateliê as peças de madeira, oriunda de móveis antigos, de portas e janelas dos casarões que são demolidos para dar lugar a novas edificações.
Nossa missão: evitar que essas peças se transformem em lenha para padarias, pizzarias, etc.
Para isso as transformamos em obras de arte.
Vamos mostrar a você a partir de hoje a transformação desse guarda roupa antigo que nos foi dado por um amigo.
Em breve publicaremos o resultado final.
Você pode visitar nosso espaço (ateliê) na rua 15 de Novembro 1171 – Gravatá, junto do caldinho do Lúcio.
É só passar um zap 81 999892523 e agendar com a gente…
em breve nosso site: www.guirota232.com.br
vídeos +