4 de agosto de 2017 às 14:47h

Estação do Artesão de Gravatá é ponto de encontro de nativos e turistas

Você vai junto comigo conhecer a cidade de Gravatá. Aproveitando esse período de férias vou postar algumas matérias sobre locais de Gravatá para você ver como essa cidade é agradável e como encanta quem a visita.
Só para você ter uma ideia vão aqui algumas fotos da estação do artesão, antiga estação ferroviária, e outros casarios ao seu redor, bem como da casa de bom que enchia de água a locomotiva Maria Fumaça.

 

27 de julho de 2017 às 05:14h

Secretário de governo de Gravatá chama presidente do sindicato de irresponsável e maloqueiro

Joeides Pereira, secretário de Governo de Gravatá, disse que o presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Gravatá é um irresponsável e um maloqueiro e que a estratégia de fabricar mentiras em Gravatá foi derrotada em 2016, numa referência a vitória do atual prefeito Joaquim Neto nas últimas eleições. Continuando afirmou que é preciso combater essa tática de destruir reputações e que a secretária de educação do município, que é professora há mais de 25 anos está sem dormir, por conta dessa forma irresponsável de se fazer política.
Concluindo afirmou que todas as notas fiscais que provam que não houve aquisição dos produtos denunciados pelo presidente do sindicato serão incluídas no processo que a prefeitura dará entrada na justiça contra o autor das denúncias.

Nota na íntegra do secretário de Governo:

“Um irresponsável. A estratégia de fabricar mentiras em Gravatá foi derrota em 2016. A empresa que ganhou a licitação em Gravatá, fornece produtos para mais de 70 Prefeitura em todo o Estado de Pernambuco. Só em Bezerros ganhou 04 licitações. O fato da empresa está com problema em alguns Municípios na quer dizer que esteja em todos os 71 que tem contratos. Os itens que esse maloqueiro falou, consta na planilha, que tem 141 itens, no entanto, a prefeitura não é obrigada a comprar todos. Como de fato não aconteceu. Todos os produtos comprados foram de acordo com a solicitação da nutricionista, e nas notas ficais que deverá fazer parte do Processo que iremos entrar contra esse irresponsável não consta pão, azeitona, chambaril, Azeite. Coisa ruim se junta muito rápido. Não podemos deixar crescer. Estamos trabalhando muito para fazer com que esse município volte a ter o protagonismo que sempre teve e foi destruído. O que mais me revolta é a forma irresponsável de destruir reputação. Imagine que a Secretária de Educação Ana Patricia, professora há mais de 25 anos, passar um noite sem dormir por causa desse irresponsável”.

Rebatendo as acusações do secretário de governo o presidente do sindicato afirmou apenas que “A justiça vai revelar quem está certo”.

https://www.facebook.com/shares/view?id=1392386367525114&overlay=1&notif_t=story_reshare&notif_id=1501120892976165

26 de julho de 2017 às 22:46h

Prefeito de Gravatá vai entrar na justiça contra presidente do sindicato dos servidores

O prefeito de Gravatá Joaquim Neto vai acionar a justiça acusando o presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura, Marcelo de Brito por denunciação caluniosa, segundo o prefeito “Quando você faz uma denúncia caluniosa, você também arca com as consequências do que venha a ser abordado lá na frente”.

Para o prefeito ele mentiu e também não fala em nome da categoria, fala por ele.
O prefeito afirmou que analisou os itens que ele apontou como superfaturados e nenhum deles foi comprado pelo município, assim também como não há superfaturamento pois ao conferir os preços verificou-se que eles estão compatíveis com o mercado.

Veja trechos do que disse o prefeito:

“Como não existia contrato, mais de dez mil alunos ficariam na sala da aula sem ter merenda. Por isso foi contratada uma empresa em caráter emergencial. Não existe nada. Esse cidadão que está falando está falando por ele. Eu acredito que no sindicato são hoje quase 2 mil funcionários, ele não fala pela maioria.  Os itens que ele falou, foram verificados nas notas fiscais e nenhum deles foi comprado. É mentira dele, não foi comprado nenhum. No contrato pode de 500 itens, você compra só o que você precisar. E os itens que foram comprados mandei comparar e eles estão compatíveis com o preço de mercado, não tem nada alterado lá”

26 de julho de 2017 às 21:20h

Servidora da prefeitura e fiscal do IPSEG acusa prefeito de Gravatá de assédio moral

A servidora da prefeitura de Gravatá Iolanda Galindo e atual fiscal do conselho da previdência dos servidores, denunciou o prefeito de Gravatá, Joaquim Neto de Andrade, de assédio moral, na sua denúncia ela relata que, na sexta feira, 21, foi procurada pelo presidente do Instituto de Previdência dos Servidores da Prefeitura de Gravatá, que pediu para ela assinar uma certidão onde afirmava que “Certifico que o Relatório de Avaliação Atuarial a que se refere o presente DRAA foi apresentado ao Colegiado Deliberativo do RPPS, para ciência e apreciação dos seus resultados.” (RPPS significa Regime de Previdência Própria dos Servidores).
Como ela tinha recebido o documento na própria sexta-feira por email e não apresentou o documento para aprovação dos outros membros do conselho, porque não houve tempo para tal, recusou-se a atestar o que o texto afirmava.
Em seguida decidiu com mais dois conselheiros realizar uma reunião com o presidente do IPSEG para que ele disponibilizasse os documentos tratados no relatório a fim de comprovar a veracidade da certidão.
Ao chegar para trabalhar no dia 25 (ontem) recebeu a informação de que o presidente do IPSEG e o prefeito queriam falar com ela na sala da secretária de Finanças. Ao chegar lá foi questionada de forma mal educada pelos dois.

“Fui até a sala da Secretária de Finanças, local onde ele se encontrava. Chegando lá, fui tratada de maneira bastante mau educada. Os dois seres (Prefeito e Presidente do IPSEG) falaram comigo bem alterados querendo que eu assinasse o tal documento.”, disse ela.

Afirma ela ainda na sua denúncia que tentou explicar ao prefeito o motivo de não assinar o documento: “eu não poderia assinar um documento sem saber a veracidade daqueles fatos”. Mas, continua, o prefeito não se importou, gritou com ela e disse que nenhum funcionário iria se amostrar na gestão dele”. Ela então perguntou se os dois, prefeito e presidente do Ipseg estavam querendo coagí-la. Ao se retirar ouviu o prefeito ordenando a secretária de finanças a transferência dela da secretaria de Finanças.

Mesmo saindo afirmando que não ia assinar ela disse que continuou sendo constrangida pelo presidente do Ipseg na frente de contribuintes e do presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura, senhor Marcelo Brito.
Depois recebeu recados de que o prefeito queria falar com ela sozinha, ao que ela retrucou que só iria acompanhada do presidente do sindicato, o que não foi aceito pelo prefeito que só queria vê-la sozinha, gerando mal estar no gabinete.
Para se proteger ela fez denúncia na Controladoria do Município onde continuou sendo constrangida.
Finalizando ela questiona:

Um prefeito pode GRITAR com uma funcionária porque ela se recusa a assinar um documento que informa que ao Conselho do qual ela faz parte foi apresentado, anteriormente, o Relatório de Avaliação Atuarial, sendo que isto não ocorreu como informado? Querer que ela assine algo que o Conselho não verificou a veracidade dos fatos/números/MILHÕES, sendo que ela apenas recebeu, por e-mail, na última sexta, tal documento mas que não teve tempo hábil para marcar uma reunião com os Conselheiros é algo que deve ser considerado legal? Deve um gestor ter tal atitude?

Continuando pergunta:

É assim que um gestor deve se comportar? Por que eles estavam tão desesperados para que eu assinasse um documento com dados que eu não tive acesso? Por que tratar uma funcionária daquela maneira?

Veja entrevista da servidora numa rádio local:

Presidente do Conselho Fiscal do IPSEG, Iolanda Galindo participou do programa Café com Política, segunda-feira (25). No rádio, Iolanda falou detalhes sobre denúncia de coação e assédio moral contra o prefeitode Gravatá, Joaquim Neto.Confira!

Posted by Café Com Política on Wednesday, July 26, 2017

O Blog do Tomaz vai continuar acompanhando o caso para esclarecer a população e para isso já procurou o secretário de Governo senhor Joeides Pereira e o presidente do Ipseg senhor Dogivaldo Bezerra, mas até essa hora não recebeu nenhuma resposta.

26 de julho de 2017 às 18:35h

Prefeitura esclarece denúncias do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de superfaturamento na merenda

Os dois lados de uma notícia:

O presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Gravatá, Marcelo Brito, denunciou ontem (25) ao MPPE supostas irregularidades no contrato entre a Prefeitura e WJR Comercial Ltda, no valor de 1,67 milhão e que não tem site e nem telefone de contato, apenas a informação de que sua sede é em São Lourenço da Mata.
Hoje o presidente levou a denúncia também à polícia Federal e ao TCU explicando que a federalização da denúncia se fez necessária, considerando-se que são verbas federais dos PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar e do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar.
De acordo com a denúncia dos 141 itens do contrato 18 estão superfaturados e não chegam às escolas.

Não existe nome para quem tira comida da boca de crianças carentes. Que a justiça seja feita através dos órgãos que estão sendo comunicados e que são os seguintes:

Tribunal de Contas da União – TCU,
Controladoria Geral da União – CGU,
Policia Federal – PF,
Ministério Público de Pernambuco – MPPE,
Ministério Público Federal – MPF,
Ministério Público de Contas de Pernmabuco – MPC
Tribunal de Contas de Pernambuco – TCE, concluiu Marcelo Brito.

Segundo a prefeitura a decisão de cancelar o contrato se deu antes da denúncia do sindicato, mas não apresentou documento datado, para comprovar essa afirmação e alegou que a suspensão foi em função das denúncias da operação Comunheiros II. A WJR vem sendo acusada de participar de um esquema de fraudes em merendas e alimentação para hospitais que já levou para a cadeia empresários e servidores públicos.
Ainda de acordo com a prefeitura os itens denunciados pelo sindicato não foram adquiridos pela prefeitura e isso poderia ser provado através de notas fiscais, que também não foram mostradas pelo gestor.
Sem saber o prazo do contrato e alegando ter sido uma questão emergencial a contratação da WJR, o prefeito afirmou que foi enquanto a licitação ficasse pronta.
Como as aulas vão ter início em agosto, disse o prefeito que pediu ao jurídico para analisar a contratação de outra empresa também em caráter emergencial.
O que também não foi explicado pelo prefeito é o motivo pelo qual num período de sete meses de gestão não se conseguiu fazer a licitação.

O blog vai acompanhar o andamento das denúncias e trazer as informações ouvindo os dois lados.

 

25 de julho de 2017 às 20:00h

Exu e a Grande Noite de Abertura do Cariri Cangaço

A noite do dia 20 de julho de 2017, quinta-feira, marcou a chegada do Cariri Cangaço ao município de Exu, na exuberante Chapada do Araripe, em Pernambuco; terra do Rei do Baião. O auditório da escola Bárbara de Alencar no centro de Exu recebeu um público extraordinário de mais de quatrocentas pessoas, entre autoridades, pesquisadores, escritores e personalidades de todo o Brasil, configurando-se como um dos maiores públicos do Cariri Cangaço.

A recepção aos convidados a cargo da Orquestra Sonata de Exu, que também executou o Hino Nacional, trouxe a elegância e o talento dos artistas de Exu para a abertura do grande evento, que teve em um de seus números a união entre a música de câmara e o som sertanejo do acordeom, numa execução maravilhosa com o musico Jonêz Bezerra. O Prefeito Raimundinho Saraiva ao lado do presidente da Câmara Municipal, Davi Moreira e ainda do secretário de cultura Rodrigo Honorato, representaram o município que acolheu nessa noite representantes de 14 estados brasileiros. O inicio da noite marcou a apresentação do Cariri Cangaço pelos Conselheiros Wescley Rodrigues e Cristina Couto, que traçaram a trajetória do empreendimento desde sua origem até os dias de hoje, nestes oito anos de atividades.

 O Brasil de alma nordestina se encontrou em Exu…

”Já são oito anos de Cariri Cangaço, 5 estados, 21 municípios, mais de 600 pesquisadores, mais de 90 conferências, 75 visitas técnicas,65 livros lançados e mais de 30 mil participantes na maior festa do gênero no Brasil” Confirma Wescley Rodrigues no que foi auxiliado por Cristina Couto, ”O Cariri Cangaço une não só a memória e a história de nosso sertão, mas e principalmente une a alma verdadeiramente nordestina”.

Em seguida Manoel Severo, curador do Cariri Cangaço, em suas palavras emocionadas confessou a enorme alegria em “desembarcar em Exu, berço do maior ícone cultural do nordeste, terra de muita tradição e história e de um povo acolhedor e que recebeu com carinho ao Cariri Cangaço desde a primeira vez que chegamos aqui; por isso estamos testemunhando hoje essa espetacular festa da alma nordestina”, na oportunidade o Curador do Cariri Cangaço agradeceu a todos que se empenharam para realização do Cariri Cangaço Exu: “Agradecemos de forma grandiosa ao Prefeito Raimundinho Saraiva, ao Secretário Rodrigo, aos amigos queridos Bibi Saraiva, Helenilda Moreira, Alvenir Peixoto, Cicero Marcelino, Eliana Galdino e toda a equipe da prefeitura”. Manoel Severo dedicou também a noite de abertura ao escritor João Monteiro Neto, vitima de acidente naquele mesmo dia e que estaria lançado sua obra nessa mesma noite de abertura. 

Rodrigo Honorato, Davi Moreira, Manoel Severo e Raimundinho Saraiva na noite de  Abertura em Exu.

“Dedicamos essa noite de abertura ao querido amigo e grande escritor João Monteiro Neto, que sem dúvidas estaria celebrando ao nosso lado nesta noite, em Exu, o verdadeiro encontro da alma nordestina”

Em suas palavras o Secretário de Cultura de Exu, Rodrigo Saraiva externou toda a alegria de Exu em receber o Cariri Cangaço:”Nunca houve um momento como esse em nossa Exu, recebendo tantos e tantos pesquisadores de todo o Brasil, sem dúvidas o Cariri Cangaço trouxe uma emoção sem igual a Exu,e é como nosso Curador Manoel Severo sempre diz: O Cariri Cangaço é mais que um evento, é um sentimento”. Já o Prefeito Raimundinho Saraiva confirmou “estamos realmente honrados com a chegada do grande Cariri Cangaço a Exu, todos estamos de parabéns e é uma grande honra receber a todos em nossa cidade, queria parabenizar ao grande trabalho de meu amigo Manoel Severo, que trabalho maravilhoso e dizer que Exu está e estará sempre a disposição do Cariri Cangaço”.

 A noite solene marcou também a entrega de várias comendas por parte das Instituições promotoras do evento, o Conselho Cariri Cangaço Alcino Alves Costa: O prefeito Raimundinho Saraiva recebeu das mãos de um dos convidados da noite, Junior Chagas, prefeito de Poço Redondo em Sergipe o titulo de Amigo do Cariri Cangaço e o Secretario de Cultura de Crato, Wilton Dedê passou às mãos do Secretário de Cultura de Exu Rodrigo Honorato sua honraria.

Através dos Conselheiros, João de Sousa Lima e Múcio Procópio, além do pesquisador Getúlio Bezerra foram entregues os Títulos de “Amigo do Cariri Cangaço”, a Alvenir Peixoto, Helenilda Moreira, Eliana Galdino e Cicero Marcelino; todos de Exu como também o Conselheiro Cariri Cangaço, escritor e artista plástico, Archimedes Marques e sua esposa, escritora Elane Marques entregaram ao pesquisador Kiko Monteiro, também Conselheiro Cariri Cangaço, uma representação do rei e rainha do cangaço, obra em papel machê, feita por Archimedes Marques.

 

Um dos momentos altos da noite ficou a cargo da entrega por parte dos Conselheiros Juliana Pereira e Kydelmir Dantas; em nome do Conselho do Cariri Cangaço; a Joquinha Gonzaga, representando a família do Rei do Baião, o Título de “Personalidade Eterna do Sertão” a Luiz Gonzaga, trazendo a emoção a todos os presentes na noite de abertura. 

Conselheiros Kydelmir Dantas e Juliana Pereira entregam Diploma a Joquinha Gonzaga: “Luiz Gonzaga Personalidade Eterna do Sertão”

“Hoje sem dúvidas é uma noite muito especial e de muita emoção o que muito nos orgulha receber esse Título em nome do Tio Gonzaga, por parte do Cariri Cangaço”, revela Joquinha Gonzaga.

O pesquisador e escritor Wilson Seraine, de Teresina; foi o grande responsável pela Conferencia da Noite de Abertura com o Tema: “A Influência do Cangaço na Obra de Luiz Gonzaga” como também o espetacular lançamento das obras “Cordéis Gonzaguianos – Antologia” e “A Festa da Asa Branca” ao lado do grande “Gonzaguiano” Reginaldo Silva, que participou do lançamento do livro, “12 anos com o Rei do Baião” traduzindo na noite de abertura em Exu a grande reverencia ao Rei Luiz Lua Gonzaga, momentos inigualáveis.

 

Para finalizar a festa que marcaria a historia do Cariri Cangaço; pela primeira vez no Araripe e no berço de Luiz Gonzaga; foi oferecido um Coquetel aos presentes no ginásio da escola Bárbara de Alencar, quando os convidados foram brindados pela espetacular apresentação de Leonardo do Acordeon ao lado da Orquestra Sanfonica de Exu e ainda com a participação especial de Joquinha Gonzaga tocando uma “oito baixos” de forma simplesmente espetacular.

Cariri Cangaço Exu

Noite de Abertura, Escola Bárbara de Alencar

20 de Julho de 2017, Centro-Exu

O Cariri Cangaço Exu foi uma Realização do Instituto Cariri do Brasil e da Prefeitura Municipal de Exu com o patrocínio do Programa a Hora do Rei do Baião e apoio da SBEC, GECC, GPEC, GFEC, Parque Aza Branca, ICC e Fundação Padre João Cancio.

Postado por CARIRI CANGAÇO 

25 de julho de 2017 às 15:05h

Festival Virtuosi repete sucesso dos eventos anteriores

foto: prefeitura de gravatá

Com relação a nona edição do Virtuosi até que poderíamos parafrasear Ronie Von e dizer: “A mesma praça, o mesmo banco, as mesmas flores e o mesmo jardim” e então acrescentamos: “a mesma igreja, o mesmo evento, o mesmo maestro…” porém com um espetáculo diferente, com artistas diferentes, com músicas diferentes e com público diferente, mas com a mesma emoção das oito edições anteriores.
Esse é um evento imperdível na cidade de Gravatá que espera por você com a sua rede hoteleira, considerada uma das melhores do estado, com mais e 2.000 leitos e pronta para lhe hospedar junto com sua família, com seus restaurantes oferecendo o melhor da cozinha nacional e internacional, além de sua paisagem revestida de verde, de seu clima frio e aconchegante onde você vai poder tomar um bom vinho, comer um bom fondue e apaixonar-se, tanto pela cidade, quanto pelo seu povo.
A nona edição do Festival de Música Clássica Virtuosi continua hoje com as seguintes apresentações:

TERÇA 25|07

20h O VIOLINO CLÁSSICO

Yannos Margaziotis, violino

Kristina Miller, piano

25 de julho de 2017 às 06:38h

Empresários se unem pelo asfalto da PE 78 que liga Gravatá a Passira

Empresários lutam pelo asfaltamento da PE78

Um grupo de empresários que têm terras e negócios ao longo da estrada que sai de Gravatá passa pelos distritos de Russinhas, Cotunguba e Avencas, chegando até a cidade de Passira vêm se reunindo frequentemente e debatendo as formas de requerer dos órgãos públicos o asfaltamento e a melhoria dessa artéria, batizada de PE 78 e que tem aproximadamente 30 Km de extensão.
A região conhecida pela presença forte da agro pecuária com a criação de cavalos, gado e caprinos, além da produção de milho e feijão e hoje ocupada também por belas chácaras e privês pode se tornar um novo eixo de desenvolvimento considerando-se a necessidade do município se expandir para a área rural, visto sua saturação da área urbana ofertando novos espaços para a implantação de empresas e empreendimentos imobiliários.
Em 2012 foi aberto o processo licitatório para a pavimentação do trecho que vai da BR-232 em Gravatá até a PE-095 (Passira / Bengalas), cuja concorrência no 14/2012 caducou e até agora vem sofrendo solução de continuidade.
É justamente para agilizar esse processo que os empresários se reuniram mais uma vez e essa semana estarão procurando as autoridades responsáveis para cobrarem a realização do serviço e assim o beneficiamento de milhares de pessoas que precisam dessa via para executarem seus trabalhos ou apenas se locomoverem.
A Rota232 está acompanhando o andamento dessas discussões e em breve trará mais informações.

22 de julho de 2017 às 07:24h

Evento Literário e artístico vai movimentar Gravatá no mês de setembro

A Academia de Letras e Artes de Gravatá promove nos dias 23 e 24 de setembro o 4º Encontro das Ademias de Letras e Artes das Microrregiões do Estado de Pernambuco. Serão mais de 20 academias várias cidades como Bezerros, Escada, Paulista, Tamandaré, Olinda, Recife, Gravatá entre outras que se farão presentes no evento que vai acontecer no Hotel Porto da Serra.
Durante os dois dias do encontro uma série de palestras, debates, reuniões, apresentações de peças teatrais, recital e declamação de poesias, painéis com temas sobre literatura e a importância das academias na formação cultural das cidades, além de mostra de filmes e exposição de quadros, esculturas e livros dos acadêmicos que não se conformam apenas com as letras e botam a mão na massa também.
Para criar laços, desenvolver interesse em novos leitores pelos temas acadêmicos e literários foram convidados alunos da rede municipal e particular de ensino que participarão apresentando trabalhos teatrais e artísticos.
O encontro acontece uma vez por ano e vem se consolidando no calendário dos eventos voltados para a arte e para a literatura já ultrapassando os limites estaduais e atraindo escritores e acadêmicos de outros estados com da Paraíba que se marcarão presença e contribuirão para o sucesso da programação que  e é toda feita com  esforço dos próprios acadêmicos de cada uma das academias, que se cotizam para poderem realizar a agenda programada, em geral muito variada, enriquecendo o acervo cultural e artístico do interior do estado.

4º Encontro das Academias de letras e Artes das Microrregiões do Estado
Data:  23 e 24 de setembro
Local: Hotel Porto da Serra – Primeira Perimetral de Gravatá – Bairro Nossa Senhora Aparecida
Contato para informações:
Acadêmico Anchieta Antunes
Celular:  81 – 9.9681-0877 (zap)

21 de julho de 2017 às 08:08h

Começa hoje a nona edição do Festival de Música Clássica Virtuosi Gravatá

O pianista Victor Asuncion é uma das atrações da abertura

Quer um programa legal para hoje a noite, nesse clima frio e entre essas montanhas de Gravatá? Venha assistir a abertura da nona edição do Virtuosi Gravatá que inicia as 20 horas com o concerto de abertura pela Orquestra Jovem de Pernambuco, com regência do maestro Rafael Garcia e apresentação dos instrumentalistas Leonardo Altino, cello, Rafael Altino, viola e Yi-Jia Susanne Hou, violino.
O Virtuosi já se tornou um tradicional encontro para quem gosta de boa música na cidade de Gravatá, porque também podem curtir as belezas naturais da cidade, a temperatura sempre amena, nessa época com nevoeiros e um frio gostoso que convida para se deliciar um bom fondue e tomar um bom vinho nos aconchegantes restaurantes da cidade ou mesmo nos belos chalés em estilo suiço que encravados nos verdes das serras que circundam o município.
Portanto, se você quer viver bons momentos ao lado das pessoas que você ama ou de seus amigos aproveite o clima europeu de Gravatá e assista ao Festival Virtuosi tornando as suas férias inesquecíveis.

IX FESTIVAL VIRTUOSI DE GRAVATÁ
IGREJA MATRIZ DE SANT’ANA
Aberto ao público

SEXTA 21|07
20h CONCERTO DE ABERTURA
ORQUESTRA JOVEM DE PERNAMBUCO
Leonardo Altino, cello
Rafael Altino, viola
Yi-Jia Susanne Hou, violino
Rafael Garcia, regente