9 de outubro de 2014 às 06:21h

Eleição em Chã Grande virou praça de guerra

A cidade Chã Grande; no Agreste do estado, transformou – se numa praça de guerra no encerramento das eleições no último domingo.

Partidários dos dois candidatos tão logo terminou o pleito partiram para as agressões pessoais e depois passaram a jogar tudo que encontrava pela frente uns nos outros.

Pedras, garrafas, cocos secos, paus de bandeira, tudo serviu para ser atirado para lá e para cá, causando medo e pânico nas pessoas que passavam que começaram a correr de forma desesperada.

Idosos, crianças sendo literalmente arrastadas pelas mães, jovens chorando ao serem atingidos pelos objetos lançados e relançados.

A cena lembrou Israel no dia da Intimada onde judeus e palestinos lançam pedras uns nos outros.

Já passa da hora dos dois líderes políticos; o atua prefeito Daniel Alves e o seu opositor Diogo Alexandre chamarem os seus pais mandados e darem ordem para pararem com essa barbárie.

Não podemos permitir que  a população pague por atos de vandalismo provocados por lideranças políticas bastante conhecidas de todos e que sempre aparecem nestas confusões.

9 de outubro de 2014 às 06:08h

Votação de JN foi de pouco mais de 5 mil votos para seus candidatos

Ss pessoas estão somando os votos de Bruno Araújo e de Alberto Feitos a é dizendo que essa foi a votação que Joaquim Neto ex – prefeito de Gravatá deu aos seus candidatos.

Está errado não pode somar. Por essa lógica gira iria se somar também os cinco mil votos que Aécio teve em Gravatá e dizer que foram mais de 18 mil votos.

Na realidade a votação de JN para Bruno Araújo, Alberto Feitosa e Aécio Neves foi pouco mais de 5.000 votos para cada um.

O restante dos votos tanto Bruno Araújo quanto Alberto Feitosa teriam com qualquer outro candidato apoiando os dois.

E aí, fica uma pergunta Léo do Ar não tem nenhum voto com todo trabalho que está fazendo?

9 de outubro de 2014 às 05:56h

Professores de Gravatá em greve

Segundo o portal GN, os professores da rede municipal de ensino decretaram greve por tempo determinado.

O sindicato da categoria tomou a decisão em Assembléia Geral, juntamente com os professores que estão inconformação com o atraso no pagamento dos salários.

A greve acontece no momento em que o prefeito enfrenta mais  uma debandada de secretários que entregaram os seus cargos por não concordar com o estilo de governo do atual gestor

Há informações de que a ex – vereadora Ana de Jaci será a nova secretária de educação que já assume tendo que descascar este abacaxi fora de época.

 

 

 

8 de outubro de 2014 às 22:12h

PSB coordenará campanha de Aécio em Pernambuco

O governador eleito de Pernambuco, Paulo Câmara e Geraldo Júlio prefeito do Recife, ambos do PSB serão os coordenadores da campanha de Aécio Neves no estado.

No primeiro turno os dois foram os protagonistas da maior derrota petista da história política do partido, elegendo apenas três deputados estaduais e ficando sem representação na câmara federal em 2014.

Agora o governador e o prefeito vão trabalhar para que todos que apoiaram a Frente Popular se engajem agora na campanha de Aécio com a mesma disposição.

No caso das cidades onde forças políticas antagônicas declarem apoio ao tucano haverá negociação para a coordenação, evitando conflitos e assim cada grupo montará a sua estrutura, como aconteceu durante a campanha de Paulo Câmara ao governo do estado.

Aqui em Gravatá o grupo do ex-prefeito Joaquim Neto apoiou Aécio no primeiro turno, mas isso não significa que vá obter vantagens por conta desse apoio que deu ao tucano pouco mais de 5.000 votos.

E até porque o grupo do candidato a deputado federal mais votado, Rafael Prequé que é do PSB, partido do governador, está aguardando a convocação do governador Paulo Câmara para colocar seu pessoal na rua, que está ávido para entrar na campanha do PSDB.

Já o prefeito Bruno Martiniano, sem opção, terá que apoiar Aécio, em virtude de que a campanha de Dilma na cidade ficará com o PTB, partido ao qual o prefeito é filiado, mas que abandonou, para apoiar Paulo Câmara.

8 de outubro de 2014 às 19:57h

Prefeito de Gravatá vai anunciar mudanças

Depois que a maioria dos secretários entregaram os seus cargos, esvaziando a gestão e deixando a atual administração quase sem nenhum dirigente, o prefeito Bruno Martiniano, resolveu anunciar algumas mudanças e algumas medidas de impacto para Gravatá.

É importante destacar que o prefeito vem perdendo auxiliares desde que assumiu e vem substituindo por pessoas sobre as quais tenha controle absoluto e não façam nada, sem antes ter a sua autorização. Foi assim com a substituição do secretário de governo Marcos Paiva, do secretário de finanças Marcelo Gaston, do secretário de Obras Dirceu, do secretário de saúde, Dennis Oliveira, da secretária de Planejamento, Simone Osias,  e da secretária de Imprensa, Maria do Carmo.

Em todos esses casos o prefeito nomeou seus amigos e dessa forma não deixou que ninguém com conhecimento administrativo, com experiência em gestão pública, com articulação fora de Gravatá, assumisse os cargos vagos, tornando a atual administração completamente inerte, sem ação, sem projetos, sem perspectivas de futuro para a população.

É provável que nas substituições que serão feitas, o prefeito opte mais uma vez pelos súditos mais próximos, àqueles com quem ele convive e tem ascendência e assim continue com a sua maneira peculiar, particular e infrutífera de administrar a cidade de Gravatá.

Além dessas mudanças, deve ter algumas para Recife…já que alguns que deixam a prefeitura moram lá.

Quanto às medidas de impacto, já era tempo! O prefeito poderia começar anunciando o transporte gratuito para os estudantes universitários, a construção das duas mil casas populares e a implantação do distrito industrial.

Se ele anunciar isso amanhã, vai deixar seus adversários preocupados.

Vamos aguardar….

8 de outubro de 2014 às 19:24h

Aécio na frente de Dilma na primeira pesquisa do Segundo Turno

A primeira pesquisa de intenções de para o segundo turno aponta o tucano Aécio Neves (PSDB) à frente da petista Dilma Rousseff (PT). O levantamento, feito para revista ÉPOCA, pelo instituto Paraná Pesquisas, mostra Aécio com 49% das intenções de voto contra 41% de Dilma. Entrevistados que não sabem ou não responderam somam 10%. Em votos válidos, Aécio tem 54%, e Dilma, 46%. Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados os candidatos, Aécio tem 45%, e Dilma, 39%.

As entrevistas foram realizadas entre a segunda-feira (6) e esta quarta-feira (8). Ao todo, 2.080 eleitores foram ouvidos em 152 municípios do Brasil.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob o número BR 01065/2014. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, com uma margem de erro de 2,2% para mais ou para menos.

A pesquisa também avaliou a rejeição dos candidatos. Dilma Rousseff é rejeitada por 41%. Outros 32% afirmaram que não votariam em Aécio “de jeito nenhum”. Apenas 16% disseram que não rejeitam nenhum dos candidatos, e 8% não souberam ou não quiseram responder.

Publicado em

IMG_5406-0.JPG

8 de outubro de 2014 às 12:31h

Professores de Gravatá cobram salários atrasados

professores na prefeitura

Professores da cidade de Gravatá realizaram nesta manhã um protesto em frente a entidade para cobrar da administração os salários atrasados do mês de setembro. Para muitos este atraso provoca dificuldades nas suas vidas, pois não têm como honrar os seus débitos.

7 de outubro de 2014 às 19:19h

Servidores da prefeitura de Gravatá reclamam atraso nos salários

Os servidores da prefeitura de Gravatá estão sem receber seus salários e cobram da administração uma posição sobre o dia em que efetuará o pagamento.

“Geralmente, os pagamentos são feitos no dia 30 e hoje já são sete e ainda não se teve nenhuma liberação e nenhuma informação sobre o pagamento de nossos salários.”, disse um servidor.

Até agora a prefeitura ainda não se pronunciou sobre o caso e os servidores vão marcar uma assembléia para discutir o que vai ser feito a fim de pressionar o prefeito a pagar aos servidores.

 

7 de outubro de 2014 às 17:57h

PSB de Pernambuco apoia Aécio Neves

Embora o anúncio oficial só vá ser feito amanhã, já recebemos a informação de que o PSB vai caminhar ao lado de Aécio Neves no segundo turno. Evidente, que algumas decisões ainda estão sendo gestadas como a de retirar a candidatura de Daniel Coelho a prefeito em 2016 e apoiar a candidatura de Geraldo Júlio que vai para a reeleição.

Outra decisão é que a coordenação da campanha de Aécio terá composição com coordenadores do PSB, e em outros casos terá dois grupos diversos apoiando o candidato a presidente como é o caso de Gravatá, onde dois grupos vão trabalhar o nome de Aécio, o de Rafael Prequé e o do ex-prefeito Joaquim Neto.

A reunião que decidiu o apoio do PSB a Aécio ocorreu em Brasília com a presença de Marina Silva,Antonio Campos, irmão do ex-governador Eduardo Campos, do governador eleito Paulo Câmara, do atual governador João Lira Neto, do presdiente estadual do PSB, Sileno Guedes e do prefeito do Recife Geraldo Júlio.

Portanto, vamos aguardar a divulgação oficial do apoio do PSB de Pernambuco ao tucano Aécio Neves.

7 de outubro de 2014 às 11:14h

Mudanças na prefeitura

Muito zum zum mas nada concreto até agora. Fala-se em demissões, renúncias, entrega de cargos, mas ninguém confirma nada.

Aguardamos as informações oficiais para podermos publicar.