19 de março de 2018 às 05:54h

O corretor de imóveis e a morte da tabela sagrada da comissão

A vaca morreu

“A tabela de honorários do corretor é a vaca sagrada da família pobre”

Essa discussão da Tabela de Honorários do corretor de imóveis lembra àquela história do discípulo que caminhava junto com seu mestre e encontra uma família apenas com uma vaquinha de onde tiravam um pouco de leite todos os dias e assim permaneciam na mesma situação de carência a vida toda.

O discípulo pergunta ao mestre o que poderia mudar aquela situação e o mestre ao invés de responder parte para a ação. Vai até a família, pega a vaca e joga num abismo. Um ano depois ao  voltar ao mesmo local a família era outra, a terra produzia, muitos trabalhadores colhiam produtos, uma casa nova foi construída e assim aconteceu uma mudança significativa depois que aquela família perdeu o que para ela era a única forma de sobrevivência.

Concluindo: a vaca daquela família representa a tabela que garante a comissão aos corretores de imóveis.

Já falei antes sobre a mudança da profissão do corretor de imóveis como os novos modelos de negociação impostos pela tecnologia e pelas alterações mercadológicas vão fazer com que somente os especialistas mais capacitados e mais preparados é que farão a diferença no mercado. Disse que muitos iriam virar camelôs imobiliários gritando aos quatro ventos para atrair clientes para os seus produtos e negociando a sua comissão de qualquer jeito e por qualquer valor.

Essa realidade já chegou para todos àqueles que não estudam, não se capacitam, não se , não têm cacife para trabalhar somente com exclusividade, não se tornam excelentes para cobrar comissões diferenciadas e com certeza muitos deles deixarão a profissão optando por outras áreas de atividade como vem acontecendo em função da crise.

O valor da sua comissão é você, CORRETOR  CAPACITADO, quem vai negociar livremente com o cliente, sem amarras, sem valores pré-determinados, sem imposições. É a livre negociação do sistema capitalista em que vivemos e o mercado liberal sem estatização, sem interferência do governo.

Você vai cobrar pela sua excelência, pela sua especialização e pela experiência, conhecimento e bagagem que traz na sai aprendizagem e na construção de seus relacionamentos. Esqueça esse negócio de tabela. Parta para o mercado com garra, com vontade e vá buscar o cliente onde ele estiver.

O que está faltando no mercado não é lei para garantir valor de comissão, o que está faltando são clientes, pois produtos tem demais. O que está faltando são profissionais preparados e diferenciados para prestarem um serviço de qualidade e “exigirem” isso mesmo exigirem comissões bem mais valiosas do que 3, 4, 5 ou 6%.

Crie sua própria tabela e mostre que você é bom, competente, conhece a profissão, tem capacitação e especialização para cobrar valores diferenciados e saia da zona de conforto, jogue sua vaca (tabela de honorários) no abismo e vá produzir na sua “terra” de oportunidades que é o mercado imobiliário.

Tomaz de Aquino
jornalista, corretor, perito avaliado e escritor

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.