19 de setembro de 2017 às 07:07h

Gravatá recebe mais de 100 acadêmicos das micro regiões do estado de Pernambuco

O IV Encontro de Academias de Letras e Artes das Micro Regiões de Pernambuco acontece nos dias 22, 23 e 24 desse mês, onde se farão presentes mais de 100 acadêmicos de academias de Letras e Artes de várias cidades de Pernambuco e de outros estados para debaterem temas ligados às artes e à literatura de uma maneira geral, num grande evento literário e cultural.

O encontro será aberto na sexta feira (22), às 20 horas, no hotel Porto da Serra na cidade de Gravatá, num jantar de intercâmbio entre as academias de Escada – AELE e Gravatá – ALAG, onde serão prestadas homenagens aos fundadores da ALAG,  Adeildo Nunes e José Lamartine e ao fundador da AELE – José Minduca, além disso também será homenageada a madrinha do evento senhora Madalena Medeiros.

No sábado (23), o evento inicia às sete e meia com inscrição dos participantes, recebimento de material  em seguida as palestras de acordo com a seguinte programação:

9:30h – palestra do professor Bosco farias – acadêmico da Academia de Letras e Artes de Gravatá, sobre o tema Fundação da 1ª Academia de Letras do Brasil por Machado de Assis;

10h – Escritor Admaldo Matos da APL – Academia Pernambucana de Letras falando sobre o processo de criação literária;

10:40h – Professora Rosilda Araújo da Academia de Letras de Escada trata dos elementos necessários para se escrever um conto;

11:10h – O acadêmico da Academia Cabense de Letras, João Sávio, debate sobre a importância do acadêmico para a academia, ou seja, seus direitos e deveres;

11:40h – Waldir Siqueira – membro da Academia de Letras de Escada aborda a Psicanálise e a Literatura nos temas Identidade, Fantasias e Mitos.

Após o almoço os trabalhos serão retomados às 14:10h, com palestra do professor Edson Francisco acompanhado do cordelista Nerisvaldo Alves presidente da Academia de Cordel de Caruaru com o mote A Força Criadora do Poeta Matuto.

14:50h – Tomaz de Aquino – jornalista e acadêmico da ALAG, apresenta a pesquisa história sobre a criação do repente e sua importância para a cultura nordestina;

15:20h – Acadêmica da ALAG, Dea Coirolo Antunes, representando a Associação Internacional de Poetas, apresentando o esboço “O Cuidado com a expressão estética na criação poética”;

16:30h – O representante da União Brasileira de Escritores – UBE – e membro da ALAG, Geraldo Ferraz demonstra o seu ensaio histórico e literário sobre o Sucesso de Garanhuns e a Hecatombe Anunciada;

17:00h – Florisvaldo Pereira faz uma análise e amostra cinematográfica sobre o filme o Homem da Capa Preta.

Durante o evento tereos a apresentação de um grupo de contadores de história formado por pais e alunos da rede municipal de ensino.

No domingo 24, terá a realização de um sarau aberto onde a palavra será franqueada aos presentes.

Assim a cidade de Gravatá será palco de um dos maiores eventos literários do estado e com certeza marcará de forma positiva o calendário turístico do município. Você também pode participar fazendo a sua inscrição no sábado a partir das sete e meia através do pagamento de uma taxa de R$ 25 e assim assistir as palestras, participar da feira de livros e trocar experiências com escritores, poetas, declamadores, artistas plásticos.

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.