12 de março de 2018 às 07:04h

O Gato e a Rolinha ou o Corretor e o Cliente

Ao sair para caminhar logo cedinho de manhã, me deparei na rua que levava ao Parque da Cidade, com uma cena típica de uma luta pela sobrevivência: um gato tentava caçar uma rolinha que estava na rua bicando a gramínea que nascia no canto do muro e também alguns pequenos grãos pelo chão de terra batida.

O gato estava há uns dois metros e meio do objetivo e caminhava lentamente para se aproximar e alcançar um ponto de onde pudesse desfechar o seu ataque e agarrar aquela rolinha que parecia nem perceber a aproximação lenta, calculada, silenciosa do felino.

Nesse momento o cérebro do gato produzia cortisol a substância que nosso cérebro produz quando estamos sob estresse e que serve para que nós lutemos ou desistamos da luta. No caso do gato a produção de cortisol servia para que ele planejasse o seu ataque. Já o cérebro da Rolinha produzia dopamina outra substância do nosso cérebro, ligada ao prazer.

A Rolinha estava feliz, bicava o chão, arrancava um fiozinho de grama e saltitava aqui e ali. Mas o gato se aproximava, chegava cada vez mais perto, caminhava agachado, passo a passo, devagarinho. Quando chegou a mais ou menos um metro da presa, ele parou completamente, ficou imóvel, concentrando toda sua energia no golpe que iria desferir contra o pássaro.

Quando tudo parecia consumado e o cérebro do gato já começava a produzir a dopanina da alegria de saborear aquela ave, eis que fatores externos alteram o rumo do seu plano. No momento em que a Rolinha se virou para a parede dando as costas para o gato e ele partiu para o ataque, uma moto fez barulho e a Rolinha ficou alerta e no mesmo instante um outro gato que não se preparou, que chegou de repente correu também para agarrar a Rolinha que rapidamente voou.

Que lição essa caçada nos dá?

A mesma coisa acontece em nossa vida todos os dias. Imagine você sendo um corretor e tendo um cliente no seu foco para realizar uma transação imobiliária. Você está concentrando toda sua energia nesse cliente? Esse cliente é realmente seu foco? Você está atento aos fatores externos, como um outo corretor atrapalhando a sua venda? Você sabe a hora exata de dar o “BOTE” de atacar?

Um corretor de imóveis tem que agir como aquele gato. Concentrar toda sua energia, todo seu foco no cliente com o qual está negociando. Deve eliminar qualquer risco externo de colocar obstáculos na sua negociação, afastando as variantes que influam na desistência do comprador, ou seja não dar chance do seu cliente ganhar voo.

Para isso você tem que usar a sua carga de cortisol para se preparar para o ataque e permitir que o cérebro do cliente produza dopamina para sentir prazer. Essa é a hora onde vão entrar as estratégias de vendas que falaremos delas depois.

Concentre seu foco. Acorde hoje e busque aquele cliente que quase fecha o contrato e vá atrás dele, tente realizar a venda, faça dela o seu compromisso no dia de hoje e consiga atingir o seu objetivo e comemore o resultado.

Por Tomaz de Aquino
jornalista, corretor, professor e escritor

10 de março de 2018 às 07:20h

REGISTRO PROFISSIONAL VALORIZA CORRETORES DE IMÓVEIS

Recém-publicada no Diário Oficial da União, a Resolução Cofeci 1058/17 aprimora o registro dos profissionais imobiliários em nosso Sistema. A partir de agora, para se registrar na profissão o candidato terá que apresentar o diploma de conclusão do CURSO de  TTI – TÉCNICO DE TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS ou do CURSO SUPERIOR DE GESTÃO IMOBILIÁRIA devidamente registrado na Secretaria de Educação, ou no Sistema Sistec/MEC. Essa medida valoriza a nossa categoria e responde à grande demanda de pedidos de registros provisórios existentes em todos os Regionais. Tenho orgulho em ser corretor de imóveis.

 

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e chapéu
Por João Teodoro Cofeci

Nota do editor

Isso mostra como é importante para alguém procurar um corretor credenciado, com a sua carteira do Creci para realizar uma transação imobiliária, saindo das mãos de oportunistas e estelionatários que só querem tirar proveito da necessidade dos clientes. Dessa forma a profissão de corretor de imóveis vem a cada dia ganhando mais destaque na sociedade em breve com certeza a sua diplomação será somente mediante o cursos superior, portanto, aproveite e faça logo um curso Técnico para corretor de imóveis,porque em 10 meses você terá seu diploma. ganhará uma profissão valorizada no mercado e tirará o seu número do Creci.

Acesse: www.unicorretor.com.br ou passe um zap para Tomaz – 81 9.99892523 e seja um corretor de imóveis.

9 de março de 2018 às 06:16h

Gravatá ganha unidade do Interface Capacitação Imobiliária

Nenhum texto alternativo automático disponível.

O INTERFACE – CAPACITAÇÃO IMOBILIÁRIA abre uma unidade em Gravatá para oferecer à região do agreste cursos técnicos destinados à formação de corretores de imóveis, de bons vendedores e também de líderes em diversas áreas empresariais.

Na Área Imobiliária

Serão oferecidos cursos de:
Avaliação de Imóveis, com direito a inscrição no Cadastro Nacional de Corretores de Imóveis – CNAI,
Documentação Imobiliária,
Terrenos de Marinha,
Negócios Internacionais na Flórida,
Captação de Produtos e Clientes.
Além do Curso de TTI – com aulas de forma presencial nas cidades de Caruaru e Gravatá.
Na Área Empresarial

Você contará com cursos de:

Técnicas de Vendas
Oratória
Redação
Liderança
Empreendedorismo
Para reforçar o aprendizado serão oferecidos treinamentos, palestras, workshops com objetivo de fortalecer o conhecimento e garantir melhores condições para o aluno se transformar numa liderança vencedora.

SERVIÇO:

INTERFACE – CAPACITAÇÃO IMOBILIÁRIA
Av. Agamenon Magalhães, 317 – Centro Gravatá – CEP 55642-210
www.unicorretor.com.br
Fones: 81 – 3563.0012 / 9.93306890 e 9.99892523

8 de março de 2018 às 05:46h

Homenagem às mulheres no dia internacional da mulher

Deus fez tudo direitinho

O homem fez de qualquer jeito

A mulher fez com todo carinho

O homem um rascunho muito mal desenhado

A mulher um desenho muito bem feito

Um monumento muito bem acabado

2

Ao homem deu a rudeza

A força bruta, a desatenção

A mulher deu a beleza

A meiguice e a compaixão

Deu ainda de quebra

Uma grande intuição

3

Para ser mãe Deus a preparou

E lhe deu o direito de amamentar

Ao homem só ser pai restou

Pra mulher ainda ficou o criar

E Deus ainda lhe deixou

O verdadeiro sentido do verbo amar4

4

Por isso falar da mulher

É falar de um ser sem comparação

Que preenche da cabeça até o pé

Faz bem ao espírito e ao coração

Nos enche de amor, de alegria

De prazer e de satisfação

5

Por isso homem não esqueça

De dar a ela a sua melhor porção

Amor, carinho, felicidade

Paz, tranqüilidade e atenção

Amando-a de verdade

Com todo seu coração

6

Para encerrar

quero lembrar

Um ditado que diz assim,

A mulher faz duas coisas bem feitas

É Falta quando está longe

E Raiva quando está perto

7

Mas eu digo que não é assim

Que o ditado diz,

Ele está errado

Porque eu só conheço

Um homem feliz

Se tiver uma mulher do seu lado

8 de março de 2018 às 05:34h

15 Erros Fatais na Hora de Alugar um Imóvel

Lançada cartilha de orientação sobre aluguel numa parceria Creci – MPF

Ocorreu na tarde de hoje(07/03), o Lançamento da Cartilha os 15 Erros Fatais na Hora de Alugar um Imóvel, que tem como objetivo mostrar a corretores e clientes as falhas que geralmente acontecem na hora de alugar um imóvel.

Escrita pelo professor, advogado, corretor e corregedor do Creci – PE, Petrus Mendonça, a cartilha será distribuída gratuitamente a partir dessa semana e servirá como um guia para evitar prejuízos tanto para os corretores que respondem solidariamente pelos erros nos contratos como para os clientes que terão à disposição um material que vai ajudá-los a fazer um bom negócio. 

Como sempre digo negócio no mercado imobiliário só é bom quando é bom para três: cliente, corretor e construtor.

O evento lotou o auditório do conselho com centenas de Corretores de Imóveis e autoridades como, o Procurador do Ministério Publico Federal; Alfredo Falcão, o Procurador do Ministério Público Estadual; Maviael Silva, o Presidente do Creci Goiás; Oscar Hugo, o Autor da Cartilha; Petrus Mendonça, dentre outras.

 

8 de março de 2018 às 05:11h

IR 2018: NOVIDADES NA DECLARAÇÃO DE BENS

A imagem pode conter: texto
João Teodoro Cofeci

Aproveitem para manter seus clientes informados sobre as mudanças no Imposto de Renda de Pessoa Física 2018. Neste ano, os contribuintes precisam ter ainda mais atenção ao declarar imóveis. O formulário atual traz novos campos, que deverão ser preenchidos com informações complementares: data de aquisição, área do imóvel, registro de inscrição no órgão público e registro no Cartório de Imóveis. Quem não estiver atento pode estar sujeito a multas ou até mesmo a cair na malha fina. Bom dia a todos.
7 de março de 2018 às 15:30h

IMÓVEIS SEM HABITE-SE: O QUE FAZER?

Em virtude de ser a falta de habite-se um dos problemas enfrentados pelos novos compradores de imóveis, resolvi escrever um artigo sobre o assunto para melhorar o entendimento sobre este problema.

Espero que gostem e que seja proveitoso!

O habite-se é um documento fundamental na compra de um imóvel novo, por isso, antes de adquirir um imóvel verifique se os documentos necessários estão todos em ordem.

O referido documento é emitido pela Prefeitura e tem como finalidade garantir que a construção cumpriu tudo o que estava previsto no projeto aprovado. Desta forma, o habite-se deverá ser requerido assim que a obra estiver finalizada e irá corresponder à garantia de que o imóvel atende às exigências da legislação municipal e das concessionárias de serviços públicos.

Sendo assim, ficam sempre algumas dúvidas sobre o assunto, como:

a) O comprador consegue adquirir um imóvel sem o habite-se?

b) Posso perder o imóvel se eu fizer a aquisição sem o habite-se?

c) Se o proprietário do imóvel paga IPTU significa que o imóvel está regular?

Para responder estas dúvidas, vou dividi-las por tópicos para ficar mais fácil a compreensão.

Eu consigo comprar um imóvel sem o habite-se?

Sim, mas você terá alguns problemas, ou seja, o primeiro deles é que boa parte das empresas que fazem financiamentos, como a Caixa, exigem essa documentação. Além disso, o imóvel sem habite-se é considerado irregular e vale menos no momento da revenda.

Ademais, você não consegue registrar o imóvel em seu nome sem essa certidão.

Dica: se você comprou o apartamento na planta e o habite-se ainda não saiu, tente esperar para se mudar. Isso porque, você pode pagar uma multa, caso entre no imóvel antes da liberação.

Posso perder o imóvel se eu fizer a compra sem o habite-se?

Sim, mesmo que você pague um sinal. Isso acontece porque se o habite-se não for liberado, a construtora não entregará a chave e nem sempre você recupera o dinheiro.

Por isso, por mais que esteja empolgado (a) com a compra, respire fundo e analise um pouco nos problemas que pode ter.

Se o proprietário do imóvel paga IPTU significa que o imóvel está regular?

Não. Tanto o IPTU quanto as contas de água, telefone e luz não garantem que o imóvel esteja com a documentação e com o habite-se em dia. Por isso, não confie nesta informação e vá atrás dos documentos corretos.

Outrossim, além das explicações acima, elenco mais 08 (oito) aspectos relevantes acerca do assunto, senão vejamos:

1. O habite-se deve ser emitido tanto para edifícios recém-construídos como para aqueles que passaram por grandes reformas. Isso porque, a sua função é atestar que o prédio está pronto para receber ocupantes.

2. A solicitação deverá ser realizada logo ao término da obra. Após este período, é necessário aguardar a vistoria, responsável por checar se o prédio foi construído segundo o planejamento inicialmente aprovado.

3. Ademais, o ideal é exigir que o habite-se seja apresentado pela construtora ou pelo corretor na entrega das chaves, haja vista que as entidades que financiam a compra de imóveis exigem a certidão para que o empréstimo seja concedido.

4. Assim, se não houver divergências entre o projeto e a construção, o habite-se pode ser emitido em poucos dias. Contudo, quando qualquer problema é identificado, a certidão só é liberada depois da solução dos pontos em desacordo (este trecho é bem óbvio!).

5. Além disso, é bom que fica evidente que um imóvel que não possui habite-se perde valor de mercado, pois não pode ser registrado no Registro Geral de Imóveis nem ser financiado em instituições financeiras. Já no caso de estabelecimentos comerciais, as unidades também não recebem alvará para funcionamento, tornando difícil a sua locação.

6. Com isso, ao se mudar para um imóvel que não recebeu a devida autorização da Prefeitura, além de cometer erro, a pessoa estará sujeita à multa em função do documento não ter sido liberado.

7. O custo da certidão varia de acordo com o município, fiquem atentos!

8. Por fim, após a concessão do habite-se, a incorporadora deverá requerer a averbação da construção das edificações, para a individualização e a discriminação dos apartamentos.

Obs: caso a construtora se nega a entregar a averbação com a individualização e discriminação dos apartamentos, você terá que entrar com uma ação de Adjudicação Compulsória com pedido de cancelamento de hipoteca, caso haja. Irá depender do caso em concreto!

Caso ainda tenha dúvidas, gentileza ligar para o telefone indicado nesta página.

Por Nely Alves
Advogada e corretora

Nenhum texto alternativo automático disponível.
7 de março de 2018 às 05:54h

3º FÓRUM REGIONAL DO MERCADO IMOBILIÁRIO foi um sucesso

Aconteceu nas dependências do Teatro Rio Mar, na cidade do Recife, organizado pela Psiu Produções, a 3ª Edição do Fórum Regional do Mercado Imobiliario. Dentre os mais de 700 participantes que lotaram o auditório reservado para o grande evento, estão Corretores de Imóveis, Construtores e profissionais do segmento. Temas como, Direito Imobiliário (Petrus Mendonça – Sistema Cofeci Creci); Licitação ( Wilker Costa – Contado do Creci PE); Vendas ( Guilherme Machado ); Marketing Digital ( Gabriel Rossi); Conversão Digital ( Roberta Delunna); Imóveis de Luxo ( Clésio Amorim) e Financeiro ( Arthur Lemos) o evento aconteceu no dia dedicado a data Magna do estado (06.03), que marca o início da Revolução Pernambucana de 1817, considerado o primeiro movimento pela Independência do Brasil.

A imagem pode conter: 2 pessoas
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e tela
7 de março de 2018 às 05:29h

BRASIL EM DESTAQUE NO MERCADO IMOBILIÁRIO INTERNACIONAL

O atual presidente da Confederación Inmobiliaria Latinoamericana (CILA) é brasileiro. Luiz Fernando Barcellos é vice-presidente de Avaliações Imobiliárias do Sistema Cofeci-Creci e representante do Brasil na CILA desde novembro de 2015. Em novembro de 2017 foi eleito presidente da confederação cargo que exerce com mandato até novembro de 2018. Na noite desta terça-feira (20) ele foi destaque na posse da nova diretoria da Acobir, no Panamá, valorizando o Brasil e nossa profissão ante outros países. Os cargos ocupados por Barcellos, assim como todos do nosso Sistema, não tem remuneração. Trabalha-se pela causa. Importante valorizar quem se empenha pelo setor imobiliário brasileiro. Bom dia a todos.

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo
Por João Teodoro
7 de março de 2018 às 05:02h

CAIXA PODE REDUZIR JUROS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado, bebida e área interna
O presidente da Caixa, Gilberto Occhi, avisou que será apresentada nos próximos dias uma proposta de redução das taxas cobradas no crédito imobiliário. Atualmente, os financiamentos habitacionais operados pelo banco vão de 9,79% a 10,25%. A ideia é aproximar os juros da taxa Selic atual, de 6,75% ao ano. Se isso acontecer, o crédito imobiliário vai ficar mais atrativo para o consumidor e será um grande aliado para o reaquecimento do mercado. Bom trabalho a todos.
Por João Teodoro