29 de Março de 2018 às 06:58h

Chapas são indeferidas para as eleições dos Conselhos Regionais

A chapa apresentada pelo ex presidente do Creci Petrus Mendonça estava regular e foi aceita

Ontem as comissões eleitorais federais do Sistema Cofeci Creci deram o veredito sobre as inscrições de chapas para a disputa das eleições para a diretoria dos regionais. Em Pernambuco não foi diferente e uma das chapas apresentadas foi indeferida por não atender as exigências do Edital do Cofeci – Conselho Federal dos Corretores de Imóveis. Dessa forma, na maioria dos estados, apenas uma chapa conseguiu preencher todos os requisitos exigidos para o pleito e assim será confirmada vitoriosa pela comissão eleitoral respectiva. Isso reflete o que venho discutindo sempre no mercado imobiliário em todas as suas áreas, inclusive eleitoral: É preciso Capacitação! Se os candidatos, independentemente do que a resolução e o Edital exigem, não souberam atender às solicitações fica claro que faltou preparo dos líderes que articularam corretores para compor as chapas. A especialização é uma necessidade, logo ter especialistas em eleições que se preocupassem com o atendimento das requisições seria no mínimo elementar, daí torna-se fundamental que os corretores se profissionalizem com cursos, capacitações e se tornem especialistas naquilo que pretendem. Todos sabemos como funciona o processo eleitoral e não dá para ser amador em “eleições”. Durante um bom tempo da minha vida disputei vários mandatos nos sindicatos e associações de minha categoria e sempre saímos vencedores isso porque não ficávamos apenas nos discursos eleitorais e partíamos para entender também os processos burocráticos legais, afim de não sermos pegos de “calças nas mãos” e ficarmos chupando dedo e chorando o leite derramado. Parabéns a todos àqueles que conseguiram inscrever suas chapas, foram competentes, estudaram o edital, atenderam as requisições, tiveram todos os 54 membros que compõem a chapa aceitos, por não apresentarem irregularidades nas suas vidas profissionais. Que essa situação sirva de exemplo para os corretores entenderem que o “DISCURSO” é aluno do “SILÊNCIO” que o “RESULTADO” é fruto da CAPACITAÇÃO e que a “PREPARAÇÃO” é a mãe da “VITÓRIA”.

Desejo a todos que Escutem mais, Estudem mais e Trabalhem mais que o resultado vem, em breve tem novidades por aí…Aguardem

27 de Março de 2018 às 09:09h

Vem ai uma grande novidade para Caruaru e Região

A cidade de Caruaru e região ganha na próxima quarta feira uma grande novidade para o mercado imobiliário. Um grande projeto vai nascer e uma semente que vai germinar e dar muitos frutos, vai crescer, enraizar e se tornar símbolo de construção de cidadania….Vem ai! Aguarde. Me sinto feliz e honrado em ter sido convidado para participar desse projeto….

 

25 de Março de 2018 às 09:09h

Interface matricula mais alunos para o curso de corretor de imóveis

Vânia, Magda e Djairda DM Imóveis

Fazer o curso de corretor de imóveis, ter uma profissão e passar a ocupar um lugar de destaque no mercado imobiliário é o sonho da maioria das pessoas que desejam entrar nessa carreira de profissional de intermediação imobiliária.
Para facilitar o acesso de quem deseja ser corretor o grupo Interface abriu uma unidade na cidade de Caruaru e está matriculando novas turmas para o curso de Técnico de Transações Imobiliárias que começarão em breve.
Na última sexta feira quem levou futuros corretores para fazerem suas matrículas foi o empresário Djair da DM Imóveis que matriculou mais duas alunas a Vânia e a Magda que iniciarão os seis estágios em breve, e em 10 meses já poderão tirar o número Creci, passanado a serem profissionais habilitadas para as atividades de corretagem no mercado.
A vantagem é que depois de receberem o Creci elas poderão continuar investindo na capacitação fazendo cursos de especialização como Avaliação de Imóveis, documentação imobiliária, captação de clientes e produtos, etc, e assim fazerem a diferença.
Quer ser um corretor de imóveis de sucesso? Venha para o grupo Interface
Acesse: www.unicorretor.com.br/quero-ser-corretor ou passe um zap para 81 9.99892523.

Tomaz, Túlio e Djair no grupo Interface

 

 

 

25 de Março de 2018 às 08:08h

Regularização Imobiliária em Gravatá e região

Regularize a sua casa e receba a sua escritura

Olá amigos de Gravatá!Agora você já pode regularizara a sua casa e assim garantir sei patrimônio. A Lei foi aprovada na câmara e a prefeitura liberou os processos de legalização. estamos aguradando por você no nosso escritório na Av. Agamenon Magalhães, 317 – 1º andar – centro, passe um zap para a gente 81 9.99892523 ou acesse nosso site: www.vejacasa.com.br/clic

Posted by Portal Veja Casa on Friday, March 16, 2018

Olá amigos Gravatá!
Agora você já pode regularizar a sua casa e assim garantir sei patrimônio. A Lei foi aprovada na câmara e a prefeitura liberou os processos de legalização. estamos agurdando por você no nosso escritório na Av. Agamenon Magalhães, 317 – 1º andar – centro, passe um zap para a gente 81 9.99892523 ou acesse nosso site: www.vejacasa.com.br/clic

22 de Março de 2018 às 19:47h

Homenagem pelos 40 anos de serviços prestados à comunicação do Recife

Recebi na manhã de Hoje na sede do RECIPREV, das mãos do presidente da entidade, Dr. Manoel Carneiro, uma homenagem da Prefeitura do Recife pelos 40 anos de serviços prestados ao município do Recife na área de comunicação.
Iniciei as minhas atividades em 1976, passando a atuar na imprensa em 1978, onde em vários cargos, pude contribuir com o desenvolvimento da comunicação pública. Atravessei todas as fases desde a máquina de datilografia, passando pelo telex e fui responsável pela transição e chegada dos computadores implantando toda informatização da secretaria de imprensa, durante a 1ª gestão do prefeito Jarbas Vasconcelos, em 1985, sendo inclusive homenageado pela câmara recebendo uma medalha pela transformação imposta ao serviço de imprensa da prefeitura como coordenador do Grupo de Trabalho que implantou o novo modelo de gestão da comunicação da prefeitura.
Agora recebo o diploma que me homenageia pela minha dedicação em servir, em ajudar no desenvolvimento da comunicação pública e em contribuir com todas as gestões desde o prefeito Gustavo Krause em 1979, quando foi implantada a Empresa de Obras do Recife, até a do Dr. Roberto Magalhães no ano 2000.
Aproveito para agradecer ao prefeito Geraldo Júlio, ao presidente do Reciprev, Manoel Carneiro e a todos que passaram pela minha vida profissional nesse período, me despeço dos meus colegas servidores e dizer que continuarei em novos projetos, pois o desafio é o que me move sempre. A vida é sempre abundante quando pensamos em ajudar e colaborar com todos os que necessitam de nosso apoio.

 

22 de Março de 2018 às 17:51h

ENTENDA POR QUE O CRÉDITO IMOBILIÁRIO NÃO ACOMPANHA A SELIC

19 de Março de 2018 às 05:54h

O corretor de imóveis e a morte da tabela sagrada da comissão

A vaca morreu

“A tabela de honorários do corretor é a vaca sagrada da família pobre”

Essa discussão da Tabela de Honorários do corretor de imóveis lembra àquela história do discípulo que caminhava junto com seu mestre e encontra uma família apenas com uma vaquinha de onde tiravam um pouco de leite todos os dias e assim permaneciam na mesma situação de carência a vida toda.

O discípulo pergunta ao mestre o que poderia mudar aquela situação e o mestre ao invés de responder parte para a ação. Vai até a família, pega a vaca e joga num abismo. Um ano depois ao  voltar ao mesmo local a família era outra, a terra produzia, muitos trabalhadores colhiam produtos, uma casa nova foi construída e assim aconteceu uma mudança significativa depois que aquela família perdeu o que para ela era a única forma de sobrevivência.

Concluindo: a vaca daquela família representa a tabela que garante a comissão aos corretores de imóveis.

Já falei antes sobre a mudança da profissão do corretor de imóveis como os novos modelos de negociação impostos pela tecnologia e pelas alterações mercadológicas vão fazer com que somente os especialistas mais capacitados e mais preparados é que farão a diferença no mercado. Disse que muitos iriam virar camelôs imobiliários gritando aos quatro ventos para atrair clientes para os seus produtos e negociando a sua comissão de qualquer jeito e por qualquer valor.

Essa realidade já chegou para todos àqueles que não estudam, não se capacitam, não se , não têm cacife para trabalhar somente com exclusividade, não se tornam excelentes para cobrar comissões diferenciadas e com certeza muitos deles deixarão a profissão optando por outras áreas de atividade como vem acontecendo em função da crise.

O valor da sua comissão é você, CORRETOR  CAPACITADO, quem vai negociar livremente com o cliente, sem amarras, sem valores pré-determinados, sem imposições. É a livre negociação do sistema capitalista em que vivemos e o mercado liberal sem estatização, sem interferência do governo.

Você vai cobrar pela sua excelência, pela sua especialização e pela experiência, conhecimento e bagagem que traz na sai aprendizagem e na construção de seus relacionamentos. Esqueça esse negócio de tabela. Parta para o mercado com garra, com vontade e vá buscar o cliente onde ele estiver.

O que está faltando no mercado não é lei para garantir valor de comissão, o que está faltando são clientes, pois produtos tem demais. O que está faltando são profissionais preparados e diferenciados para prestarem um serviço de qualidade e “exigirem” isso mesmo exigirem comissões bem mais valiosas do que 3, 4, 5 ou 6%.

Crie sua própria tabela e mostre que você é bom, competente, conhece a profissão, tem capacitação e especialização para cobrar valores diferenciados e saia da zona de conforto, jogue sua vaca (tabela de honorários) no abismo e vá produzir na sua “terra” de oportunidades que é o mercado imobiliário.

Tomaz de Aquino
jornalista, corretor, perito avaliado e escritor

16 de Março de 2018 às 11:28h

Quer ser corretor de imóveis? Venha para o grupo Intreface

Estaremos hoje o dia todo de plantão no Colégio Alpha, na rua Deolindo Tavares, ao lado do Shopping Difusora, para fazer a sua matrícula e assim em apenas 10 meses você tirara a sua carteira do Creci se tornar um profissional de intermediação imobiliária. Para mais informações ligue: 81 – 981644099 e fale om João Calixto.

15 de Março de 2018 às 05:56h

Porque só decidimos mudar quando recebmos o últimatum “OU MUDA OU MORRE”!

A forma como você encara as situações é que faz a diferença no que você realiza.

Conheci um cidadão aposentado que vivia uma vida de “aposentado”. Não fazia absolutamente nada e aos cinquenta e cinco anos, viúvo, obeso e com problemas de circulação recebeu o últimatum do médico: “ou muda ou morre”. A partir dessa constatação esse senhor decidiu que chegara a hora de modificar a sua rotina. A primeira providência foi deixar de lado o não faz bada e abriu uma academia de ginástica com o nome FORTE. Para ser o dono precisava dar o exemplo, mudou sua alimentação, sua rotina diária, passou a fazer exercícios de forma regular acompanhando por especialistas, casou-se novamente com uma mulher mais jovem e em 10 anos tornou-se um exemplo para os alunos da sua academia. Quase todos os dias durante a minha caminhada ei o encontro também caminhando e muitas vezes correndo, mostrado uma vitalidade impressionante e completamente curado.

Muitos só fazem reclamar não saem do ponto “A” para o ponto de “B” de jeito nenhum e em geral se juntam com outros que também só reclamam e formam um bando de “recamantes” negativos, deprimidos, frustrados e tudo por falta de perspectiva, por não tomar um atitude. A necessidade daquele cidadão de ter que se mostrar forte para que os alunos o tivessem como um modelo a ser copiado, fez com que ele fizesse tudo que não fazia nunca e isso fez toda diferença. Hoje é um homem, feliz e agora mais feliz ainda pois vai ser papai. Imagine a alegria de um homem com saúde, aos sessenta e cinco anos casado com mulher jovem, bonita e saber que ela vai dar a luz a um filho seu.

Essa história mostra claramente que precisamos dar um últimatum a nós mesmos, para iniciarmos a nossa caminhada em direção a um mundo melhor, com mais saúde e mais alegria. Saia agora da situação em que você se encontra, busque alternativas, mude suas rotinas, construa um novo projeto e volte a viver.

A ATITUDE é um interruptor que liga ou desliga a sua vontade de mudar.

 

13 de Março de 2018 às 04:32h

É hora de tomar uma dose de “Atitude” positiva

Na vida o que faz a diferença é a ATITUDE que você tem diante das situações!

Ela não substitui a competência, não toma o lugar da experiência, mas com toda certeza faz com que a pessoa tenha mais oportunidades consiga mais resultados sejam emocionais, financeiros, sociais, etc.

Se você não pode mudar alguma coisa, mude sua atitude com relação a essa coisa e sua vida será diferente. Por conta de uma atitude errada somos condenados a perder momentos de alegria, a deixarmos de ter bons amigos, a fazermos coisas boas e encararmos a vida com disposição, com vontade e com garra.

Tudo isso por conta de nossa atitude para com determinados acontecimentos, variadas situações e inúmeras pessoas. Sem atitude ou sem mudar a sua atitude dificilmente você vai conseguir os resultados que tanto almeja.

Pense qual é o seu problema para com você mesmo, para com os outros e para com qualquer outra situação, reflita, pense, nas várias formas de mudar essa situação e escolha aquela que vai trazer menos prejuízos para você e para todos com os quais você convive.

Só vive quem tem atitude e só vive bem quem tem atitudes positivas para coisas negativas.