19 de outubro de 2017 às 08:04h

Treinamento da equipe JB para o 1º Feirão JB Imóveis de Caruaru

No dia 30 de outubro estaremos encerrando os treinamentos da cidade de Caruaru, no ano de 2017, com um workshop para a equipe de corretores imobiliários que vão participar do 1º Feirão da JB Imóveis que vai acontecer no mês de novembro.

O treinamento será realizado durante 8 horas, sendo 4 horas pela manhã e 4 horas a tarde com a apresentação de 2 painéis em cada horário. Na parte da manhã, ou seja no primeiro horário teremos os painéis referentes a comunicação e comportamento do novo corretor no mercado imobiliário. No segundo horário, isto é a tarde estaremos disponibilizando o segundo painel composto de organização e marketing digital local.

Com esse treinamento concluímos a nossa contribuição para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelos profissionais de intermediação imobiliária da capital do agreste, em seguida, no mês de novembro, teremos o pessoal de Santa Cruz do Capibaribe.

Essa é uma das atividades que mais gosto: ajudar a transformar a vida das pessoas, mostrado a importância de sermos exemplo e assim conseguir encontrar paz nesse mundo tão estressante.

A todos da equipe JB saibam que como diz o professor Sérgio Cortela: “Darei o meu melhor, enquanto não tenho um melhor ainda para dar!”

 

17 de outubro de 2017 às 12:11h

Redução da anuidade do creci em discussão na câmara federal

O projeto de Lei 4816/16, que reduz o valor da anuidade devida aos conselhos regionais dos corretores de imóveis, está sendo analisado pela Câmara dos Deputados.  O projeto altera a lei que regulamenta a profissão (Lei 6.530/78).

De acordo com a proposta, os novos valores serão os previstos na Lei  12.514/11, que trata das anuidades cobradas pelos conselhos de fiscalização profissional em geral.

Hoje, a anuidade do corretor de imóvel (pessoa física) é de R$ 285, valor que, atualizado pelo índice oficial de preços ao consumidor, corresponde hoje a R$ 581. “Ora, o corretor de imóveis é um profissional de nível técnico, não há justificativa para sua anuidade ter o valor quase duas vezes superior a de outros técnicos”, diz Cabo Sabino.

Para as pessoas jurídicas inscritas no conselho, hoje os valores variam de R$ 570 a R$ 1.140, conforme o capital social, que, atualizados, vão de R$ 1.163 a R$ 2.326.

 Segundo a proposta de Sabino, nos cinco primeiros anos de inscrição do profissional, o valor da anuidade será reduzido em 50%.

“Os corretores que ingressaram há pouco tempo na profissão têm ainda mais dificuldades de arcar com os custos impostos pelos conselhos regionais”, justifica o parlamentar.

A proposta será analisada pelas Comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: ZAP Pro

17 de outubro de 2017 às 07:41h

Prefeito de Gravatá Joaquim Neto vai ao MPPE denunciar perseguição

Como denunciou na convenção do PSDB no dia 08 desse mês, o prefeito Joaquim Neto, segue hoje para Recife acompanhado do procurador da prefeitura José David para denunciar ao MPPE que está sendo vítima de perseguição. Durante o evento o prefeito chegou a afirmar que na sua outra gestão um promotor com interesse em ser candidato a prefeito também fez denúncias contra ele.

O prefeito também chamou de moleques e vagabundos as pessoas que vêm fazendo denúncias contra ele no MP.  Muitas denúncias vêm sendo feitas pelo presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura, Marcelo de Brito, que vem constantemente denunciando irregularidades junto à justiça. Ele denunciou superfaturamento na merenda e aluguel de casas para beneficiar aliados políticos.

Cabe destacar que algumas dessas já originaram processos contra o atual gestor.

Outro que também vem efetuando denúncias e entrando com ações contra a atual gestão é o ex candidato a prefeito pelo PCO, Oswaldo Alves, e dentre essas destaca-se uma relacionada à licitação para limpeza do Rio Ipojuca, que foi inclusive impedida por ordem judicial.

No que pese o grande número de denúncias, como diz o prefeito, cabe a prefeitura provar que são infundadas as acusações, o que poderá acontecer durante as investigações dos processos abertos.

É a máxima do velho ditado: “Quem não deve, não teme!”

14 de outubro de 2017 às 08:16h

Visite O Polo Moveleiro de Gravatá

A rua Duarte Coelho na cidade de Gravatá, mais conhecida como Polo Moveleiro, é uma daquelas ruas que a gente encontra em vários lugares do mundo como França, Portugal, Itália e tantos outros e que reúne numa só via, artistas, lojas de artesanato, de móveis, confecções, antiquários, além de bares, restaurantes e cafés.

Assim ao caminhar pela via principal você dá uma passeada numa das ruas mais procuradas pelos turistas que visitam a cidade e que adquirem peças de tamanhos variados para dar presentes ou para decorarem as suas casas. Muitas lojas são especialistas em determinadas tendências do conceito de sustentabilidade como por exemplo a Época Móveis de demolição que trabalha como madeiras oriundas da derrubada de construções antigas, a JMóveis que usa madeiras reaproveitadas para a fabricação de suas peças e a Artes da Serra que é exclusiva em mantas, redes, crochés, tapetes e cortinas em algodão natural e que já nascem nas cores padrões: verde, rubi, marrom e cru.

Época Móveis de Demolição

Artes da Serra

J Móveis

Depois da caminhada você pode desfrutar de momentos de descanso nos vários bancos espalhados pelos calçadões, ouvir algum músico tocando algum instrumento e contemplar as fachadas das lojas, muitas em estilo de chalé, colonial que dá um charme todo especial ao espaço. Você pode também degustar petiscos, tomar um bom café e se deliciar com os pratos regionais.

 

Na sua próxima visita a Gravatá não deixe de conhecer o Polo Moveleiro e assim ter mais uma história de turista para contar quando retornar para a sua cidade.

Se você quiser mais informações acesse: www.rota232.com.br/perguntaqui ou passe um zap 81 9.99892523 que teremos o maior prazer em lhe responder.

12 de outubro de 2017 às 17:46h

Autora Pernambucana relança seu livro “Entre Irmãs” que se transformou em filme

Frances de Pontes Peebles autora pernambucana, natural de Taquaritinga do Norte e que há muito reside nos Estados Unidos participou do lançamento do filme “Entre Irmãs” do premiado diretor Breno Silveira, baseado no livro de sua autoria e inicialmente chamado de “A costureira e o cangaceiro” e agora com o mesmo nome do filme.

“Eu nunca pensei que um dia meu livro seria um filme. Mas fico muito contente que minha obra possa inspirar outras obras. É o elogio mais sincero que podemos receber. Estou compartilhando algumas fotos da semana muito especial que passei no Rio, Recife e São Paulo para a estréia do filme e o novo lançamento do livro”, disse Frances.

A obra aborda o feminismo e o homosexualismo na década de 30 onde duas irmãs tomam caminhos diferentes: Emília (Majorie Estiano) é uma jovem que sonha com um príncipe encantado e em se mudar para a capital. A corajosa Luzia (Nanda Costa) faz a opção de seguir um violento grupo de cangaceiros. Criadas para serem costureiras, essas mulheres tecerão suas próprias histórias em um cenário francamente adverso à afirmação feminina.

É, sem dúvida, uma boa pedida para o feriadão e sugiro tanto o livro que foi relançado hoje (12) quanto o filme que entrou nas telonas desde o dia 06, até porque se passa em nossa terra, o Nordeste, é escrito por uma autora pernambucana pouco conhecida e filha de uma família produtora de café na Serra das Dálias (Taquaritinga).

Você pode conferir o trailer do filme e a entrevista que ela concedeu ao Globo News Literatura no link abaixo:

Trailer Oficial de Entre Irmãs

Assista ao trailer oficial de "Entre Irmãs", do premiado diretor Breno Silveira, estrelado por Marjorie Estiano como a sonhadora Emília, e Nanda Costa como a destemida Luzia.Uma história emocionante sobre a coragem de duas irmãs que desafiaram o destino a partir de uma única certeza: tudo que uma tem no mundo é a outra.12 de outubro nos cinemas!Conspiração Filmes Sony Pictures H2O Films#EntreIrmãs #CinemaNacional #Conspiração

Posted by Entre Irmãs on Thursday, September 14, 2017

12 de outubro de 2017 às 07:05h

Polo Moveleiro de Gravatá precisa de um projeto de requalificação

Comerciantes do Polo Moveleiro de Gravatá começam a se unir para a discussão de projetos que visem melhorar a atração de turistas para transformarem o espaço em um polo de móveis, de artesanato e gastronômico. A preocupação da maioria dos comerciantes da área é que o local não se descaracterize com a abertura de lojas e escritórios que não têm identidade com a história e a tradição da Rua Duarte Coelho como vem acontecendo.

Para isso estão se articulando para elaborarem um projeto para o período natalino a fim de não perderem o mês de dezembro, em geral, sem muitos atrativos na área. Uma das ideias é a de fechar a rua para veículos nos finais  de semana e feriados, a fim de permitir que as calçadas e a via se transformem em calçadões, espaços de lazer, cafés, etc, bem como exposição de produtos e alguns eventos artísticos como apresentação de cantores da cidade, exposição de artes plásticas e lançamentos de livros.

Procurar o poder público, os donos de hotéis e pousadas e de bares e restaurantes é a primeira ação dos comerciantes para darem início a mudança do local com a participação e a conscientização de todos.

Dessa forma a área ganharia uma nova história se transformando no primeiro espaço cultural e artístico de Gravatá.

O blog vai acompanhar esse debate

 

10 de outubro de 2017 às 19:50h

A cidade de Caruaru recebe a primeira Festa Literária do Alto do Moura (FLAL)

Evento terá apresentações culturais, trocas de livros e exposições

Festival de Inverno do Alto do Moura

Nos dias 12 e 13 de outubro, Caruaru será tomada por literatura, rodas de leitura, exposições e apresentações artísticas. A cidade recebe a primeira Festa Literária do Alto do Moura (FLAL), organizada pela Biblioteca Comunitária do Alto do Moura e com apoio da Fundação de Cultura e Turismo. A FLAL terá como homenageados a poetisa Regilda Pereira e o poeta-artesão Antônio Rodrigues, ambos moradores do Alto do Moura.

A abertura oficial do evento será na quinta (12), a partir das 10h, na Praça do Artesão, com literatura de cordel e apresentação de grupos culturais do local. Já às 11h, na sede da Associação dos Artesãos e Artesãs em Barro e Moradores do Alto do Moura (ABMAM), haverá exibição de documentários. Ainda na ABMAN, a partir das 13h, haverá contação de histórias, oficina de livros e apresentação de breakdance. A programação segue, também, na Praça do Artesão, a partir das 14h, com apresentação de hip hop e mais contação de histórias. A partir das 17h, a Casa di Lúcio será o espaço para uma conversa com os artistas ilustradores Rodrigo Pescador e Eduard Dessay, da exposição Um Olhar Transatlântico, além de recital musical de poesias.

Na sexta (13), a programação começa às 10h, na ABMAM, com oficinas e apresentação de capoeira. Às 14h, na Praça do Artesão, haverá roda de leitura, exposição, conversa com a autora Íris Marcolino e bate-papo sobre escola e biblioteca comunitária. Além dessas ações pontuais, haverá exposição permanente e sebo de livros na Praça do Artesão e exposição na Casa di Lúcio.

Confira a programação completa

Quinta-feira – 12/10

Local: Praça do Artesão

10h – Abertura Oficial da 1ª FLAL – Saudação com literatura de cordel e apresentação dos grupos culturais do Alto do Moura.

 

Local: Associação dos Artesãos e Artesãs em Barro e Moradores do Alto do Moura (ABMAM)

 

11h – Exibição dos documentários: Arte é para todos; Entre bonecos e bonecas; e Mestre Vitalino, coordenado por Darllan Rocha (Projeto Inventário do ofício dos artesãos e artesãs do barro do Alto do Moura – Funcultura)

13h – Contação de história com o Grupo Grão de Histórias (Recife): Histórias Daqui e de Lá.

14h – Oficina de livros cartoneros com Candeeiro Cartonera (Caruaru)

14h30 – Apresentação de Breakdance com Master Conexão Crew e o artista de rua Maicon (Taquara- Caruaru)

15h – Festa /Lanche Coletivo em homenagem ao dia das crianças, promovida pela família do Mestre Severino Vitalino (Alto do Moura- Caruaru)

 

Local: Praça do Artesão

 

14h- Contação de história com o Grupo Cia Agora Eu Era (Recife) e Júlia Sol (Recife)

14h30 – Apresentação de Hip Hop do Projeto Crer & Ser

15h – Festa/Lanche Coletivo em homenagem ao dia das crianças, promovida por Ana Paula Maciel (Alto do Moura- Caruaru)

 

Local: Casa di Lúcio

 

17h – Conversa com os artistas ilustradores Rodrigo Pescador e Eduard Dessay, da exposição Um Olhar Transatlântico – Un Regard Transatlantique, coordenada por Reginaldo Pereira (Biblioteca Comunitária Caranguejo Tabaiares- Recife)

20h – Recital Musical de Poesias

 

Sexta-feira – 13/10

 

Local: Clube da Associação dos Artesãos e Artesãs em Barro e Moradores do Alto do Moura ( ABMAM)

 

10h- Oficina1: Sussurros poéticos com Grupo RELEITURA (Recife)

10h – Oficina 2: Tapete de histórias com Grupo RELEITURA (Recife)

10h- Oficina 3: Breakdance com Master Conexão Crew e o artista de rua Maicon (Taquara/ Caruaru)

11h- Capoeira com Mestre Positivo (Alto do Moura/ Caruaru)

 

Local: Praça do Artesão

 

14h – Livros em Movimento – A itinerância da leitura em exposição, coordenado por Ana Dourado (Secretária Executiva de Direitos Humanos da Prefeitura de Caruaru)

14h30 – Roda de Leitura do livro Bichos Vermelhos, com a autora Lina Rosa (Recife)

15h – Conversa com a autora do livro Os Poemas do Poeta que Esquecia, com Íris Marcolino (Alto do Moura/Caruaru)

16h- Bate-papo sobre Escola e Biblioteca Comunitária: uma rede em diálogo, com Ester Rosa (UFPE/ CEEL-Recife), Ana Dourado (Secretária Executiva de Direitos Humanos da Prefeitura de Caruaru) e Maria Emília Lins e Silva (UFPE/CEEL- Recife)

17h- Encerramento

 

Visitação Permanente

 

Exposição Aberta com as obras dos artesãos do Alto do Moura

Local: Praça do Artesão

Data: 12 e 13/10/2017

 

Exposição aberta Um Olhar Transatlântico – Un Regard Transatlantique, com Rodrigo Pescador e Eduard Dessay, coordenado por Reginaldo Pereira (Biblioteca Comunitária Carangueijo Tabaiares- Recife)

Local: Casa di Lúcio

Data: 12 e 13/10/2017

 

Sebo/Doação de Livros para a Biblioteca Comunitária do Alto do Moura

Local: Praça do Artesão

Data: 12 e 13/10/2017

Fonte: Jornal de Caruaru

10 de outubro de 2017 às 19:41h

Curso de poesia, discussões sobre ditadura e show do Frei Damião no segundo dia da Fenagreste 

O jornalista Luiz Felipe Campos e o publicitário José Nivaldo Júnior ministrarão palestras sobre revoluções e o período ditatorial no Brasil. Feira vai das 9h às 21h 

Curso de poesia, palestras e show do Frei Damião Silva fazem parte da programação do segundo dia da Feira Nacional do Livro do Agreste – Fenagreste. Promovida pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros – Andelivros, a Companhia Editora de Pernambuco – Cepe, com apoio do Governo de Pernambuco e da Prefeitura de Caruaru, a feira segue até o domingo (15) no Espaço Cultural Tancredo Neves, em Caruaru. 

feira abre às 9h e, às 9h30, começa a contação de histórias na tenda infantil. Na parte interna do pavilhão, rola a primeira parte do curso “Poesia conta história, história vira poesia”, ministrado pelo contador de histórias e mestre e doutor em Letras Gláucio Ramos Gomes, na sala Vital Santos. Ele abordará contação de histórias pelo olhar poético, usando os recursos de figuração e rima. Já no espaço Souza Pepeu, o artista plástico Terciano Torres faz o lançamento do livro ilustrativo Imagens de Caruarucom imagens de pontos turísticos e importantes da Capital do Forró, a partir das 11h. 

Durante a tarde, a brincadeira continua na tenda infantil, com mais contação de histórias. Para os adultos, haverá o lançamento do relatório da Comissão da Verdade, seguido da palestra do jornalista e escritor Luiz Felipe Campos, na Sala Souza Pepeu. O autor lança o livro Massacre da Granja São Bentosobre o marcante fato histórico registrado durante a ditadura em Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. 

Nas 241 páginas da obraele relata os seis assassinatos brutais da paraguaia Soledad Barret, da checa a Pauline Reichstul, do gaúcho Luiz Edvaldo Ferreira, do baiano Eudaldo Gomes das Silvas e dos pernambucanos Jarbas Pereira Marques e José Manoel da Silva. Os jovens foram mortos por denunciarem as violações dos direitos humanos no Brasil. 

“As seis mortes foram levadas à opinião pública como troféus do combate ao terrorismo. A operação policial foi revestida de heroísmo: a modesta granja transformou-se em campo de treinamento de guerrilha e os mortos foram descritos como perigosos terroristas a serviço de Fidel Castro e do comunismo internacional”, diz o autor na obra. Luiz Felipe dedicou cinco anos à pesquisa sobre um episódio até então nebuloso, por se conhecer dele apenas versões oficiais. 

Ainda com sobre o tema da ditadura militar no País, às 19h30, o publicitário e escritor da Academia Pernambucana de Letras José Nivaldo Júnior bate um papo com o público e autografa o livro O Julgamento de Deus, que narra fatos da época do regime militar no Brasil. Um pouco antes, às 18h30, Frei Damião Silva, intérprete da música Anjo de Deus, em parceria com a cantora Elba Ramalho, apresenta-se no palco principal. 

 

FENAGRESTE 

Local: Espaço Cultural Tancredo Neves – Praça Coronel José Vasconcelos, 100, Centro, Caruaru 

Data: de 10 a 15 de outubro 

Horário: das 9h às 21h 

9 de outubro de 2017 às 20:14h

2ª Fenagreste começa amanhã no espaço Tancredo Neves em Caruaru

O romancista e contista, com 13 obras publicadas, é o homenageado da segunda edição do evento, que tem a peça Romeu e Julieta, com o ator global, como principal atração do dia

Ator Aramis Trindade se apresenta na noite de abertura. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Ator Aramis Trindade se apresenta na noite de abertura. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O primeiro dia de atividades da 2ª edição da Feira Nacional do Livro do Agreste – Fenagreste, conta com homenagens e apresentações no palco principal, lançamentos de livros e contação de histórias na tenda infantil já a partir das 9h desta terça-feira. A feira, promovida pela Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros – Andelivros, a Companhia Editora de Pernambuco – Cepe, com apoio do Governo de Pernambuco e da Prefeitura de Caruaru, segue até o domingo (15), no Espaço Cultural Tancredo Neves, em Caruaru.

A solenidade de abertura do evento, às 17h, com participação do presidente da Cepe, Ricardo Leitão e da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, terá a apresentação cultural de escolas municipais. Logo após, um homenagem será feita ao escritor José Condé, importante autor caruaruense, membro da Academia Brasileira de Letras, pelo também escritor Edson Tavares. “José Condé é um dos grandes nomes que Caruaru legou à literatura nacional. Não podíamos fugir a esta homenagem em seu centenário e, em especial, no mês do seu nascimento. Estamos muito felizes em trazer a Fenagreste a Caruaru”, afirma a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.

Aramis_Trindade

Aramis Trindade

A partir das 19h, o ator Aramis Trindade apresenta a sua versão do clássico Romeu e Julieta em forma de cordel. A peça traz para a cena o escritor Ariano Suassuna, interpretado por Aramis, resgatando as famosas aulas-espetáculo apresentadas pelo autor paraibano. Na primeira parte da montagem, o ator recita poema de 98 sextilhas, acompanhado pelos músicos Zé da Flauta e Tuca Araújo (na viola de 12 cordas). No segundo ato, é a vez do personagem Ariano Suassuna falar sobre a origem da história de Romeu e Julieta, literatura de cordel, movimento armorial e cultura popular.

Em paralelo aos eventos realizados no palco principal, às 17h, um lançamento coletivo de livros de oito professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) ocupará a sala Vital Santos. Entre os autores, as professoras Sheila Borges, Amanda Mansur e Ana Beatriz Nunes participarão de uma mesa-redonda, com o tema “Os impactos das novas mídias na comunicação: artigos acadêmicos e relatos profissionais”, para falar sobre as novas configurações na comunicação e como é a relação entre consumidor e produtor das notícias.

A publicitária Izabela Domingues lançará seu livro “Publicidade de Controle: Consumo, Cibernética, Vigilância e Poder”, que trata das transformações da publicidade nos últimos 50 anos. Outra obra a ser lançada é “A Aventura do Baile Perfumado: 20 anos depois”, de Amanda Mansur, que resgata a história da realização do filme que venceu o Festival de Brasília de 1996 e inaugurou o vigoroso período de produção audiovisual em Pernambuco que se estende até hoje.

A jornalista premiada Fabiana Moraes faz o lançamento do livro “Jomard Muniz de Britto: professor em transe”, um trabalho de pesquisa que relembra, com fortes pitadas poéticas, as várias facetas da agitada trajetória do professor, filósofo, poeta, cineasta, escritor e agitador cultural. Para finalizar, os professores Eduardo César Maia, Amílcar Bezerra e Gustavo Alonso lançarão a Revista Estudos Universitários, que é uma tentativa de levar o conhecimento feito dentro da universidade para o público mais amplo. A produção intelectual acadêmica pode contribuir efetivamente no debate público de ideias.

Contações de histórias acontecem desde o início da feira, às 9h, até as 18h, na tenda infantil. A Feira Nacional do Livro do Agreste reunirá 50 estandes, onde estarão representadas quase 100 editoras e distribuidoras. A expectativa é reunir, nos seis dias do evento, 60 mil pessoas, entre adultos, jovens e crianças. Todas as atividades são gratuitas.

FENAGRESTE

Local: Espaço Cultural Tancredo Neves – Praça Coronel José Vasconcelos, 100, Centro, Caruaru

Data: de 10 a 15 de outubro

Horário: das 9h às 21h

Fonte: Jornal de Caruaru

9 de outubro de 2017 às 08:07h

Polo Moveleiro de Gravatá vira celeiro de artistas

Mário de Santinha é um artista plástico que adotou Gravatá como sua cidade e nela vive já há um bom tempo. Seu trabalho artístico, fruto do período em que trabalhou com o grande mestre Francisco Brenand na sua oficina na várzea e aprendeu todos os segredos do trabalho com cerâmica e assim trouxe para Gravatá toda essa maravilha de arte com cores vivas que encanta a todos.

Seu último trabalho pode ser visto na Rua Duarte Coelho onde vai funcionar a nova loja Loyde Arte e Decoração e consiste de um belo painel pintado na fachada do prédio. Lá você também vai poder encontrar várias peças de Mário Alexandre como jarras, vasos, pinhas, quadros e futuramente móveis.

Visite Gravatá, conheça o polo moveleiro e se encante com o belo trabalho dos artistas locais que junto com Mário faz a cidade mais bonita, entre esses destacamos Jaisom Nascimento, Cleuton Azevedo, Severino Tomaz, Ricardo Queiroz e tantos outros.